Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

AES realiza Investor Day e BTG avalia recomendação

Data de criação:

access_time 09/06/2021 - 16:41

Data de atualização:

access_time 09/06/2021 - 16:41
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Depois da realização do Investor Day, a equipe do BTG Pactual fez uma análise das decisões projetadas pela AES Brasil. Entre os pontos, a companhia considerou investir ainda mais em fontes eólica e solar, mesmo considerando os quase 64% de participação em usinas hidrelétricas.

AES Brasil (TIET11)

A AES Brasil realizou o Investor Day para traçar sua estratégia de negócios. Com base nas tendências de inovação e transição energética, a estratégia tem três pilares: core business – produção de energia com o objetivo de diversificar ainda mais as fontes e contratos de energia, novas soluções – como certificados de autoprodução e energia renovável (I-RECs), e crescimento exponencial – considerando a expectativa de abertura do mercado livre e modernização do setor, a AES Brasil, por meio de sua plataforma digital “Energia Mais”, já está preparada para conquistar maior market share entre os clientes de varejo do mercado livre, oferecendo produtos diferenciados e toda a infraestrutura necessária.

Os principais diferenciais da implementação de sua estratégia incluem um portfólio diversificado (63% hidrelétrica, 30% eólica e 7% solar) e expertise no setor.

Na frente de M&A, a empresa vai atuar de forma oportunista e está focada em usinas eólicas e solares – embora veja cenários diferentes para essas duas fontes de energia.

Para usinas eólicas, apenas um punhado de (grandes) oportunidades são esperadas, uma vez que a maior parte do movimento de consolidação do setor já ocorreu nos últimos anos. Para projetos solares, eles veem mais oportunidades, mas envolvendo pequenos projetos, como a energia solar é agora se tornando competitivo.

Apesar do foco no crescimento, a AES Brasil reforçou sua estratégia de manter 100% de distribuição de dividendos, uma vez que, além dos bancos de desenvolvimento, novas alternativas de financiamento como debêntures de infraestrutura e ECAs permitirão seu crescimento sem impactar o payout.

A recomendação é mantida NEUTRA ao preço alvo R $ 17,00 para 12 meses e US$ 3,37.
Preço de hoje em R$ 14,38 / US $ 2,85

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?