Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa disparam com indicadores e commodities

Data de criação:

access_time 01/06/2021 - 15:36

Data de atualização:

access_time 01/06/2021 - 15:36
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Indicadores econômicos, processo de vacinação e retomada da economia ajudaram no humor dos investidores europeus, que começaram o mês de junho comprando e elevando os índices para recordes nesta terça-feira (01/06). Ainda contribuíram os preços dos metais e do petróleo, que elevaram as ações das produtoras de commodities.

Índices: o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta de 0,75% aos 450.10 em Londres; o índice FTSE100, bolsa de Londres, ficou em alta de 0,82% aos 7.080; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 0,66% aos 6.489; o índice DAX-30, bolsa de Frankfurt, ficou em alta de 0,95% aos 15.567; o FTSE-MIB (Milão) ficou em alta de 0,60% aos 25.321; o Ibex 35 (Madri) ficou em alta de 0,45% aos 9.189; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em queda de 0,71% aos 5.216.

O índice pan-europeu subiu neste primeiro pregão de junho, na sequência dos demais, com os indicadores econômicos da região surpreendendo positivamente. O índice fechou o mês de maio em alta de 2%.

Apesar da euforia, os investidores elevaram as preocupações de uma possível mudança de trajetória pelo Banco Central Europeu no programa de estímulos. A inflação da Zona do Euro, apresentada hoje pelo Eurostat, ultrapassou a meta definida pelo BCE em maio

Entre as produtoras de commodities que viram as ações subindo na bolsa de Londres estavam as da Anglo American, alta de 4,04%, BHP Group, alta de 3,58%, as da Glencore, alta de 2,97%, as da Antofagasta, alta de 4,01%, e as da Rio Tinto, alta de 3,97%.

Já as ações das petroleiras também subiram, como as da BP, alta de 2,81%, Royal Dutch Shell, alta de 2,16%, depois da decisão da OPEP + aliados de manter a produção inalterada.

Veja os indicadores aqui

*Tradução ID de relatórios e agências

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?