Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa fecham no vermelho

Data de criação:

access_time 19/11/2020 - 15:43

Data de atualização:

access_time 19/11/2020 - 15:43
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas da Europa recuaram nesta quinta-feira. A cautela ocorreu com os investidores atentos aos aumentos dos casos de coronavírus e também sobre os efeitos que novas medidas de distanciamento social poderão representar para a economia global.

Ao índice Stoxx Europe 600 fechou em queda de 0,75% aos 387.60 pontos em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em queda de 0,80% aos 6.334 pontos; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em queda de 0,88% aos 13.086 pontos; o CAC 40 (Paris) ficou em queda de 0,67% aos 5.474 pontos; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 0,40% aos 21.536 pontos; o Ibex 35 (Madri) caiu 0,64% a 7.930 pontos; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em queda de 1,14% a 4.367 pontos.

Segundo a Organização Mundial da Saúde – OMS, a Europa é novamente o epicentro da doença. Enquanto isso, as farmacêuticas estão correndo contra o tempo e os testes prosseguem, como no Reino Unido registrando resultados positivos em pessoas idosas com a vacina desenvolvida pela AstraZeneca com a Oxford.

Já a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, pediu aos líderes da União Europeia que encerrassem um impasse orçamentário, que poderia ser prejudicial neste momento. Lagarde repetiu a declaração de apoio monetário e também a ampliação do programa emergencial na próxima reunião em dezembro, caso ocorra a segunda onda.

Entre as ações com perdas estavam as da Norwegian Air, queda de 15,7%, depois de entrar com pedido de proteção contra falência. Essa seria mais uma tentativa de evitar o colapso em meio à pandemia.

Em Frankfurt, as ações da Vonovia subiram 1,36%, as da RWE ganharam 1,01% e as da Deutsche Post avançaram 0,31%.

Na Europa, a agenda estava vazia.

*Por Ivonéte Dainese com relatórios oficiais e Reuters

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?