Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa recuam com atenção para o Federal Reserve

Data de criação:

access_time 27/08/2020 - 14:16

Data de atualização:

access_time 27/08/2020 - 14:16
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os investidores dos mercados acionários da Europa mantiveram a aversão ao risco nesta quinta-feira. Todos os radares ficaram voltados para a apresentação do presidente do Federal Reserve na abertura pela web da Conferência anual do banco central, que normalmente ocorre em Jackson Hole, Estados Unidos.

Ao final, o índice Stoxx Europe 600 ficou em queda de 0,64% aos 370.72 pontos em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em queda de 0,75% aos 5.999 pontos; o DAX -30 (Frankfurt) ficou em queda de 0,71% aos 13.096 pontos; o CAC 40 (Paris) ficou em queda de 0,64% a 5.015 pontos; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 1,44% aos 19.847 pontos; o Ibex 35 (Madri) ficou em queda de 045% a 7.090 pontos; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em queda de 0,44% a 4.371 pontos.

Além da apresentação do presidente do Fed, os investidores também acompanharam os dados econômicos dos Estados Unidos, como o resultado do Produto Interno Bruto, as vendas de casas e os pedidos iniciais de auxílio-desemprego, que recuaram e deixaram a taxa de desemprego em 9,9%.

Entre as ações com perdas ficaram as da Rolls-Royce, queda de 8%, depois de reportar um prejuízo de £ 5,4 bilhões no Ebitda. A companhia também revisou uma série de medidas para fortalecer seu balanço patrimonial. Entre as decisões estavam as algumas alienações para levantar pelo menos £ 2 bilhões, incluindo ITP Aero e outros ativos.

O grupo de publicidade WPP viu as ações subindo 5%, depois de declarar que estava a caminho de atingir as metas para o ano inteiro e pagando dividendo provisório.

As ações do OneSavings Bank subiram 16%, como o Ebitda caindo 14%, mas explicando  que os volumes de contas em aplicativos estão atualmente se aproximando de 60% dos níveis da pré-COVID-19.

A agenda europeia estava vazia.

*Por Ivonéte Dainese de relatórios oficiais e com agências

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?