Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Cogna Educação tem Plano de Opção de Compra de Ações aprovado

Data de criação:

access_time 29/04/2021 - 11:38

Data de atualização:

access_time 29/04/2021 - 11:38
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Em Assembleia Geral Extraordinária, a Cogna Educação teve aprovado o Plano de Opção de Compra de Ações da Companhia. O Plano de Performance Shares tem por objetivo: estimular a expansão, o êxito e a consecução dos objetivos sociais e dos resultados da Companhia alinhando o benefício financeiro a ser obtido pelo beneficiário do Plano com metas da Companhia; alinhar os interesses dos beneficiários do Plano aos acionistas da Companhia; possibilitar à Companhia manter, no longo prazo, a ela vinculada ou às Subsidiárias, os beneficiários do Plano; e incentivar a criação de valor de longo prazo à Companhia.

“O Plano de Performance Shares, que entrou em vigor nesta quarta-feira (28/04) e permanece vigente por prazo indeterminado, abrangerá no máximo 2% de diluição do capital social atual da Companhia – mesmo que haja o atingimento máximo das metas anuais definidas pela administração para os beneficiários – e será gerido pelo Comitê de Pessoas e Governança da Companhia, que atuará por delegação do Conselho de Administração”, disse a direção da Cogna no comunicado ao mercado.

O Plano de Performance Shares permite que seus beneficiários, os administradores ou empregados da Companhia ou de suas subsidiárias, que sejam considerados executivos chave, recebam opções de compra de ações da Companhia, em razão do grau de atingimento de metas anuais previamente estipuladas (o beneficiário poderá receber menos ou mais ações que o montante inicialmente lhe outorgado, conforme o grau de atingimento a menor ou a maior das metas anuais), nos termos do Plano de Performance Shares. Serão consideradas como metas financeiras o EBITDA e a Geração de Caixa Operacional (CGO). Poderá também haver metas distintas das metas financeiras conforme definição do Comitê de Pessoas e Governança para determinados beneficiários.

“A totalidade das ações serão entregues aos beneficiários em 4 anos (4 períodos sucessivos de 12 meses, com 25% do total em cada tranche anual) e, como regra geral, estarão sujeitas a lock up de 12 meses após o efetivo exercício pelo beneficiário. Com este mecanismo, a Companhia entende que mantém a atratividade adequada do Plano quanto aos executivos e estimula sua permanência na Companhia.”
De acordo com as opções que lhe sejam outorgadas no âmbito do Plano de Performance Shares, o atingimento das metas anuais pré determinadas e a continua vinculação com a Companhia ou suas subsidiárias, os beneficiários terão o direito de adquirir e subscrever ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal de emissão da Companhia.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?