Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Dólar mantém a queda e volta aos R$5,600 para a venda

Data de criação:

access_time 06/04/2021 - 17:48

Data de atualização:

access_time 06/04/2021 - 17:48
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O dólar comercial renovou a queda nesta terça-feira (06/04). O mercado cambial manteve atenção no ambiente interno, com as discussões sobre os cortes de emendas parlamentares no Orçamento de 2021. Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente Jair Bolsonaro estaria pronto para aprovação com veto parcial.

Além disso, as atenções ficaram voltadas para a apresentação do presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, no encontro do Fundo Monetário Internacional – FMI. O presidente do BCB considerou a necessidade de revisão da proposta do Orçamento e destacou que o “maior desafio do Brasil é a questão fiscal”. O FMI também fez projeções relevantes para o crescimento da economia global, 6%, e também para a nossa, 3,7%.

Na bolsa de Nova York, o índice DXY seguiu em queda. O Bitcoin devolveu a alta nesta sessão.

Ao final, no interbancário, o dólar comercial ficou em queda de 1,41% aos R$5,600 para a venda. O turismo ficou em queda de 1,37% aos R$5,750 para a venda.

O euro ficou em queda de 0,89% aos R$6,648 para a venda. A libra caiu 1,88% aos R$7,743 para a venda. O peso argentino caiu 2,30% aos R$0,061 para a venda.

Cenário externo

Na bolsa de Nova York, o índice DXY, que compara o movimento das seis moedas mais importantes ante o dólar americano, ficou em queda de 0,33% a 92,29.

O euro subiu 0,55% a US$ 1.1876 e a libra esterlina caiu 0,54% a US$1.3830.

O preço do ouro ficou em alta de 0,95% a US$ 1.745,20 a onça.

O Bitcoin caiu 1,02% a US$58,403,44.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?