Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Dólar recua aos R$5,658 e mantém alta em Nova York

Data de criação:

access_time 04/03/2021 - 17:48

Data de atualização:

access_time 04/03/2021 - 17:48
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O dólar comercial perdeu força para o real nesta quinta-feira (04/03), depois de uma estressada na sessão anterior. O Banco Central do Brasil entrou com leilão de swap mantendo o volume diário.

As informações de Brasília ficaram entre os pontos de atenção, com a Proposta de Emenda Constitucional – PEC Emergencial sendo aprovada em 2º turno no Senado. O alívio ficou com declarações do presidente da Câmara, Arthur Lira, (PP-AL), de que o teto de gastos será respeitado e que o Bolsa Família não está incluindo no pacote.

Os agentes do mercado cambial também acompanharam os fatos do cenário externo, como o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, garantindo a estabilidade das taxas de juros [0% e 0,25%] e a compra mensal de ativos em US$120 bilhões. Porém, o Fed-boss não sinalizou nenhuma interferência nos rendimentos dos títulos americanos.

“O presidente decidiu que agora não era o momento de recuar sobre os desenvolvimentos recentes no mercado de títulos. Powell reafirmou o compromisso dovish do banco central até que a economia se recupere, mas isso não era bom o suficiente para ativos de risco. O que se viu foi que Wall Street percebeu rapidamente que a liquidação do mercado de títulos pode continuar, uma vez que não haverá nenhum anúncio de “Operação Reviravolta” até que condições desordenadas ou aperto persistente nas condições financeiras prejudiquem a recuperação econômica”, citou o analista Sênior da OANDA em Nova York, Edward Moya, que completou: ” Powell não acalmou as preocupações com o aumento dos rendimentos dos títulos e isso deu aos mercados financeiros permissão para vender ações de tecnologia e manter a liquidação do mercado de títulos em andamento, o que elevou os rendimentos junto com o dólar.”

Na bolsa de Nova York, o índice DXY segue em forte alta. Por lá, o Bitcoin está devolvendo (ver abaixo).

Ao final, no interbancário, o dólar comercial ficou em alta de 0,10% aos R$5,658 para a venda. O turismo ficou em alta de 0,17% aos R$5,830 para a venda.

O euro ficou em queda de 0,86% aos R$6,770 para a venda. A libra ficou em queda de 0,48% aos R$7,856 para a venda. O peso argentino ficou em queda de 0,19% aos R$0,062 para a venda.

O Banco Central do Brasil fez a rolagem de 16 mil contratos em swap para vencimento em 01 de abril de 2021. Foram 3 mil contratos com data para 01 de junho e o restante com vencimento para 01 de dezembro de 2021.

Cenário Externo

Na bolsa de Nova York, o índice DXY, que compara o movimento das seis moedas mais importantes ante o dólar americano, seguia em alta de 0,71% a 91,66.

O euro segue em queda de 0,77% a US$ 1.1968 e a libra esterlina seguia em queda de 0,45% a US$1.3886.

O preço do ouro segue em queda de 1,28% a US$ 1.693,80 a onça.

O Bitcoin estava em alta de 4,72% a US$48,084,48.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?