Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

FECHAMENTO: Sem agenda e com realização

Data de criação:

access_time 19/04/2021 - 19:21

Data de atualização:

access_time 19/04/2021 - 19:21
format_align_left 4 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os mais importantes mercados de ações fecharam recuados nesta segunda-feira (19/04), depois de uma semana cheia de recordes e indicadores econômicos mais positivos mesmo com a pandemia de coronavírus.

Na bolsa de Nova York, os índices de Wall Street devolveram as máximas. Os investidores estão atentos nos balanços das empresas, no ritmo acelerado de vacinação contra a Covid-19, esperando pelo pacote de infraestrutura e também pela reforma tributária.

Na Europa e na Ásia, as bolsas ficaram sem direção. Sem indicadores econômicos, o foco ficou na temporada de resultados. Neste momento, os futuros asiáticos operam no vermelho.

Por aqui, em dia de vencimento de opções sobre ações, as atenções estão voltadas para o Orçamento de 2021 com sinais de acordo entre o Congresso e o Governo Federal sobre o texto. A sanção deve ocorrer até quinta-feira (22/04).

A euforia permanece também com o processo de vacinação contra a Covid-19, já que um novo lote de matéria-prima para a produção da CoronaVac chegou hoje da China para o Instituto Butantan, São Paulo.

O dólar comercial permaneceu sem força para avançar sobre o real.

Coronavírus:

O levantamento do Centro de Sistemas, Ciência e Engenharia da Universidade Johns Hopkins, Estados Unidos, mostra que são 141.716.848 casos confirmados de contágio pelo coronavírus no mundo, com 3.024.529 mortes e 81.019.617 pessoas recuperadas

Nos Estados Unidos são 31.727.833 casos confirmados, com 567.649 mortes. A plataforma não fornece resultado geral de pessoas recuperadas.

O Brasil voltou para o 3º lugar no ranking pela plataforma do Johns Hopkins. São 13.943.071 casos confirmados, sendo que o número de mortes está em 373.335. São 12.311.393 pessoas recuperadas.

O levantamento é de 19h08 desta segunda-feira (19/04) pelo horário de Brasília.

Mercados de Ações Globais

Ásia: o Hang Seng, bolsa de Hong Kong, fechou em alta de 0,47% aos 29.685. O Xangai, China, ficou em alta de 1,49% aos 3.477. %. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou estável aos 29.685. O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou em queda de 1,81% aos 47.949. O Kospi, bolsa de Seul, ficou estável aos 3.198.

Europa: Índices: o índice Stoxx Europe 600 fechou estável aos 442.18 em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em queda de 0,28% aos 7.000; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em queda de 0,59% aos 15.368; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 0,15% aos 6.296; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 0,21% aos 24.691; o Ibex 35 (Madri) ficou em alta de 1,14% aos 8.711; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em queda de 0,08% a 5.012.

Estados Unidos: o Dow Jones caiu 0,36% aos 34.077. O S&P ficou em queda de 0,53% aos 4.163. O Nasdaq caiu 0,98% aos 13.914.

Brasil: o Ibovespa fechou em queda de 0,15% aos 120.933 pontos. O volume financeiro ficou em R$52,38 bilhões.

Moedas: no interbancário, o dólar comercial caiu 0,61% aos R$5,551 para a venda. O turismo caiu 0,76% aos R$5,713 para a venda.

O euro ficou em queda de 0,15% aos R$6,680 para a venda. A libra subiu 0,49% aos R$7,763 para a venda. O peso argentino caiu 0,85% aos R$0,060 para a venda.

O Banco Central do Brasil – BCB vendeu o lote de 15 mil contratos. Foram 10 mil contratos com vencimento para 01 de novembro e o restante com vencimento para 01 de abril de 2022.

Cenário externo

Na bolsa de Nova York, o índice DXY, que compara o movimento das seis moedas mais importantes ante o dólar americano, ficou em queda de 0,50% a 91,10.

O euro ficou em alta de 0,44% a US$ 1.2035 e a libra esterlina ficou em alta de 1,12% a US$1.3986.

O preço do ouro caiu 0,54% a US$ 1.770,60 a onça.

O Bitcoin subiu 1,09% a US$56,313,07.

Commodities
O petróleo referência Brent ficou em alta de 0,16% a US$67,16 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em alta de 0,55% aos US$63,48 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no Porto de Qingdao ficou em alta de 1,89% a US$181,80 a tonelada seca.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?