Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Fitch afirma Ratings da TOTVS em ‘AA(bra)

Data de criação:

access_time 25/05/2020 - 12:32

Data de atualização:

access_time 25/05/2020 - 12:32
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A Fitch Ratings declarou nesta segunda-feira que afirmou o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA(bra)’ da TOTVS (TOTVS). A Perspectiva do rating é Estável.

De acordo com a agências, a afirmação do rating da TOTVS, com Perspectiva Estável, reflete a expectativa dos analistas de que os indicadores de crédito da companhia não serão significativamente afetados pelo cenário econômico extremamente adverso, em decorrência da pandemia do coronavírus. “A classificação também incorpora a estrutura de capital conservadora e a forte liquidez da empresa para suportar as pressões esperadas em termos de receita e capital de giro nos próximos meses, e para fazer frente aos riscos inerentes ao setor”, mostram.

O modelo de negócios da TOTVS, apoiado em subscrição, adiciona estabilidade a seu fluxo de caixa, uma vez que a receita recorrente representa quase 80% do faturamento. Esse modelo é mais resiliente a cenários macroeconômicos adversos, comparado ao modelo de negócios de venda de licenças. “A Fitch projeta uma estabilidade na receita em 2020, com um leve crescimento da receita recorrente compensada pela queda na receita não-recorrente. A agência acredita que haverá maior necessidade de capital de giro nos segundo e terceiro trimestres de 2020, pressionada por prorrogações de prazo de pagamento por parte de clientes e pelo aumento de inadimplência, resultando em queima de caixa operacional entre R$20 milhões e R$30 milhões por trimestre”, consideram.

O rating reflete a liderança da TOTVS no competitivo setor de soluções de software de gerenciamento de empresas, que é sustentada por seu conhecimento do mercado local, por sua ampla rede de distribuição e pelo diversificado portfólio de produtos e clientes.

A baixa escala das operações da companhia em relação aos grandes players globais, a concentração de suas atividades no Brasil, assim como a forte competição em um mercado com reduzidas barreiras de entrada foram considerados na análise. Os elevados gastos em pesquisa e desenvolvimento (P&D), característicos da indústria de software, e a constante necessidade de atualização dos programas para evitar a obsolescência também foram incorporados no rating.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?