Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa cai 0,1% na semana e mantém alta no pregão com Petrobras e bancos

Data de criação:

access_time 14/05/2021 - 18:17

Data de atualização:

access_time 14/05/2021 - 18:17
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Em semana marcada pela forte volatilidade e também com vencimento de opções, o Ibovespa recuou 0,12%. O front político voltou para o radar com a Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI da Covid-19.

Nesta sexta-feira (14/05), a bolsa operou em campo positivo. A agenda global está vazia, o que permitiu maior atenção dos investidores para os balanços corporativos.

Do lado externo, depois que os índices de inflação dos Estados Unidos conseguiram estressar todos os mercados, a bolsa de Nova York fechou no positivo. Os indicadores econômicos apresentados hoje ficaram no radar. As vendas no varejo ficaram estáveis e a produção industrial para abril ficou em 0,07%, abaixo dos analistas de 0,9%.

Neste pregão, o Ibovespa, ficou em alta de 0,97% aos 121.880 pontos. O volume financeiro ficou em R$33,85 bilhões.

“Nessa semana, no exterior, os mercados operaram em forte volatilidade com o temor da inflação dos EUA e com uma possível mudança na política monetária do Fed. O índice VIX subiu e chegou na região até 27 pontos e trazendo um sell-off para as principais ações, como as de tecnologia. Hoje, o que se viu foi um alívio e o índice ficou perto dos 17 pontos. Além disso, os preços das commodities também pesaram, com o minério de ferro caindo e puxando Vale, Gerdau, Usiminas, CSN e CSN Mineração. O índice de materiais básicos teve um recuo muito forte, que também trouxe mais volatilidade para o mercado brasileiro”, explicou o sócio da Monte Bravo Investimentos, Bruno Madruga.

Ainda nesta sexta-feira, o principal driver foi a Petrobras. “O contraponto ficou com a Petrobras, depois de resultados extremamente positivos. Como a Vale e o setor de siderurgia têm um peso muito grande no índice principal, as ações da Petrobras conseguiram sustentar os ganhos. Além disso, os resultados corporativos ficaram bem acima do consenso do mercado, como Magazine Luiza. Para a próxima semana, o viés é de mais volatilidade, já que a CPI da Covid-19 está trazendo um certo risco para o Brasil” concluiu Madruga.

Operaram ganhos
YDUQS Part. ON, alta de 6,04%;Qualicorp ON, alta de 7,21%; Hering ON, alta de 6,43%; GOL PN, alta de 5,40%; e PetroRio ON, alta de 5,71%.

Operaram com perdas
IRB Brsil RE ON, queda de 5,08%; Usiminas PNA, queda de 4,96%; Gerdau PN, queda de 2,86%; Gerdau Met. PN, queda de 2,60%; e Suzao ON, queda de 2,48%.

Mais negociadas
Vale ON, queda de 1,72%; Petrobras PN, alta de 5,24%; Itaú Unibanco PN, alta de 2,22%; Bradesco PN, alta de 0,93%; e B3 ON, alta de 3,48%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 03 de maio de 2021 a 03 de setembro de 2021, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Vale ON (12,439%), Itaú Unibanco PN (6,095%), Petrobras PN (5,009%), B3 ON (4,878%) e Bradesco PN (4,720%).

Commodities
O petróleo referência Brent ficou em alta de 0,13% a US$68,80 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em alta de 2,59% aos US$65,49 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no Porto de Qingdao caiu 12,11% aos US$ 208,79 a tonelada seca.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?