Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa ensaia os 100 mil com otimismo pelos dados internos

Data de criação:

access_time 08/07/2020 - 18:44

Data de atualização:

access_time 08/07/2020 - 18:45
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O Ibovespa sustentou a alta nesta quarta-feira, depois de bater os 100 mil pontos. O bom humor ficou com os dados da economia interna, como as vendas no varejo, e também com a influência dos índices de Wall Street.

Entre os destaques desta sessão ficaram as ações das varejistas, financeiras, Vale e Petrobras, beneficiadas pelos preços do petróleo e do minério de ferro nos mercados internacionais.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 2,05% aos 99.769 pontos. O giro financeiro ficou em R$26,59 bilhões.

Análise Henrique Esteter – Guide Investimentos

“ O que se vê em todos os mercados de ações são ganhos pontuais, com os incentivos dos bancos centrais amparando as economias. Isso mostra que há uma diferença muito grande do que é uma economia real, já que os números mais positivos, como os dos PMIs, mostraram o quanto os bancos centrais estão segurando com aportes bilionários. Claro que os mercados de ações, incluindo o nosso, ficaram mais otimistas a partir de junho, porém, as incertezas ainda são grandes”, destacou.

Sobre as reaberturas das economias e os impactos nos mercados de ações, Esteter destaca o comportamento positivo de algumas empresas que conseguiram sustentar o movimento da bolsa durante o pico da pandemia. ” Vários países tentaram reabrir as economias, mas logo em seguida voltaram com as medidas restritivas e os mercados acionários sentiram esses efeitos. Já a bolsa brasileira, que segue avançando, teve suporte de alguns setores durante o pico da crise. Bons exemplos foram as ações do Magazine Luiza, Via Varejo e Americanas e que estão entre os destaques ainda. Os resutados foram sentidos nos números das vendas no varejo, que foram apresentados pelo IBGE. Com isso, junto com os pesos pesados, Vale, Petrobras e bancos, o índice seguiu avançando, já está perto de romper os 100 mil pontos e flertar com os 120 mil  do início do ano. Em algum momento, é claro, vai ocorrer uma correção, porém, o mercado doméstico está preparado para esse movimento”, avaliou o analista da Guide Investimentos, Henrique Esteter.

Operaram com ganhos
Braskem PNA, alta de 6,51%; B3 ON, alta de 6,09%; Grupo Natura ON, alta de 6,04%; CIELO ON, alta de 5,26%; e Carrefour BRON, alta de 4,02%.

Operaram com perdas
CVC Brasil ON, queda de 6,07%; Marfrig ON, queda de 2,28%; IRBBrasil REON, queda de 2,00%; GOL PN, queda de 1,54%; e JBS ON, queda de 1,44%.

Mais negociadas
Vale ON, alta de 1,69%; Petrobras PN, alta de 1,89%; Bradesco PN, alta de 3,41%; Via Varejo ON, alta de 3,22%; e ItauUnibanco PN, alta de 2,16%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 04 de maio de 2020 a 04 de setembro de 2020, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice: Vale ON (10,154%), Itauunibanco PN (7,414%), Bradesco PN (5,611%), Petrobras PN (5,610%) e B3 ON (5,405%).

Commodities

O petróleo referência Brent ficou estável aos US$43,30 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em alta de 0,64% e com o barril negociado aos US$40,88 na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em alta de 3,39% a US$106,50 a tonelada seca.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?