Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa fecha junho em alta de 8,7% e ganho de 30,17% no trimestre

Data de criação:

access_time 30/06/2020 - 18:56

Data de atualização:

access_time 30/06/2020 - 18:56
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de valores de São Paulo fechou o mês de junho em alta. O índice principal ficou com valorização de 8,75% e também ganhou força no trimestre em 30,17%. Com esses resultados, o Ibovespa está com queda acumulada no ano em 17,80%.

Conforme analistas, mesmo com o avanço do coronavírus no Brasil o mercado financeiro acompanhou o desempenho externo, com algumas economias reabrindo e conseguindo reverter parte das perdas.

Ficaram no radar, em junho, as notícias corporativas, bem como a expectativa elevada para a possível distribuição de uma vacina contra a COVID-19 até dezembro desse ano.

Nesta terça-feira, depois de uma alta forte ao longo da sessão, o Ibovespa voltou para campo negativo.

Ao final, o índice ficou em queda de 0,71% aos 95.055 pontos. O giro financeiro ficou em R$27,71 bilhões.

Análise Pedro Galdi – Mirae Asset

“O mês de junho foi interessante para a bolsa brasileira, apesar da COVID-19. Na segunda quinzena, as notícias de que uma vacina poderia ser eficaz contra o vírus também ajudou a aliviar o estresse. Alguns ruídos sobre as diferenças entre os Estados Unidos e a China mexeram um pouco com os mercados, mas tudo ficou acertado”, explicou Galdi.

Já nesta terça-feira, o investidor acompanhou o desempenho externo e ficou atento às declarações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, ao Congresso americano. “ O bom humor tomou conta de grande parte do pregão, mas logo depois das observações do Powell, de que uma segunda onda de coronavírus nos Estados Unidos poderia muito difícil de enfrentar, acabou pesando por aqui. Os índices de Wall Street também recuaram, mas ganharam força na reta final. Diante desse cenário, o mês julho poderá ser melhor se houver um controle da doença. A volatilidade vai continuar, mas as ações de empresas brasileiras, já que tivemos muitas notícias interessantes, deverão manter o índice em alta e com o investidor descolado do ambiente político”, finalizou o analista de investimentos da Mirae Asset, Pedro Galdi.

Operaram com ganhos
Lojas Renner  ON, alta de 1,46%; Totvs ON, alta de 3,26%; Qualicorp ON, alta de 2,51%; Gerdau Met. PN, alta de 2,81%; e TIM Part. ON, alta de 3,12%.

Operaram com perdas
IRBBrasil ON, queda de 11,72%; Brasil ON, queda de 3,86%; Itau Unibanco PN, queda 3,89%; Embraer ON, queda de 3,92%; e Itausa PN, queda de 3,03%.

Mais negociadas
IRBBrasil RE ON, queda de 11,72%; Vale ON alta de 0,52%; Petrobras PN, queda de 0,51%; e Itau Unibanco PN, queda de 3,89%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 04 de maio de 2020 a 04 de setembro de 2020, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice: Vale ON (10,154%), Itauunibanco PN (7,414%), Bradesco PN (5,611%), Petrobras PN (5,610%) e B3 ON (5,405%).

Commodities

O petróleo referência Brent ficou em alta de 0,80% aos US$41,60 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em alta de 0,30% e com o barril negociado aos US$39,82 na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em queda de 0,42% a US$99,45 a tonelada seca.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?