Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa fica próximo dos 130 mil pontos em dia de correção

Data de criação:

access_time 08/06/2021 - 18:50

Data de atualização:

access_time 08/06/2021 - 18:51
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O Ibovespa operou em correção nesta terça-feira (08/06). Os investidores já estão atentos aos próximos acontecimentos da agenda global, com destaque para os bancos centrais.

Hoje, o mercado doméstico avaliou os números das vendas no varejo, que reagiram positivamente. Além disso, os arranjos entre as empresas também despertaram as atenções.

Nesta sessão, as ações dos bancos devolveram as altas recentes. O setor deve repercutir amanhã a decisão do Senado Federal, que aprovou Medida Provisória para facilitar o empréstimo aos clientes dos bancos. De acordo com o texto, as instituições financeiras públicas e privadas ficam dispensadas de exigir documentação de regularidade fiscal para aprovar o crédito. A medida vale até 31 de dezembro de 2021 e o texto vai à sanção presidencial.

Sobre as commodities, o preço do minério de ferro ganhou força na China. Os preços do petróleo ficaram divididos, com o Brent mantendo a estabilidade nas negociações em Londres e o WTI subindo em Nova York. Os dois ficaram acima de US$70,00 o barril.

Ao final, o Ibovespa ficou em queda de 0,76% aos 129.787 pontos. O giro de negócios ficou em R$36,11 bilhões.

“O mercado operou em correção. Os dados econômicos melhores, as vendas no varejo subindo, as projeções para o PIB e a compra de mais vacinas estão desenhando um cenário mais positivo. Hoje, as ações das empresas que mais sofreram com a pandemia subiram com as apostas elevadas para um segundo semestre melhor. Lá fora, o clima também está melhor. Vários países da Europa e os Estados Unidos estão se preparando para as reaberturas econômicas, o que eleva a percepção de que as coisas estão voltando ao normal”, pontuou o economista da Messem Investimentos, Gustavo Bertotti.

Operaram ganhos
ViaVarejo ON, alta de 4,37%; Azul PN, alta de 2,86%; Petrobras ON, alta de 2,40%; CVC Brasil ON, alta de 1,89%; e Lojas Amer. PN, alta de 1,70%.

Operaram com perdas
Braskem PNA, queda de 6,36%; B3 ON, queda de 5,55%; Hypera ON, queda de 3,16%; IRB Brasil RE ON, queda de 3,33%; e Iguatemi ON, queda de 3,19%.

Mais negociadas
Vale ON, queda de 1,68%; Petrobras PN, alta de 1,31%; Petrobras ON, alta de 2,40%; B3, queda de 5,55%; e Itaú Unibanco PN, queda de 0,70%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 03 de maio de 2021 a 03 de setembro de 2021, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Vale ON (12,439%), Itaú Unibanco PN (6,095%), Petrobras PN (5,009%), B3 ON (4,878%) e Bradesco PN (4,720%).

Commodities
O petróleo referência Brent, nos contratos futuros, ficou estável a US$72,17 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI, nos contratos futuros, ficou em alta de 1,16% aos US$70,03 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no Porto de Qingdao subiu 3,50% aos US$ 209,50 a tonelada seca.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?