Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa perde força e volta para 113.261 pontos

Data de criação:

access_time 23/03/2021 - 18:32

Data de atualização:

access_time 23/03/2021 - 18:32
format_align_left 4 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O Ibovespa fechou em queda nesta terça-feira (23/03). O investidor manteve atenção nos novos casos de Covid-19, que seguiram ganhando força em vários países, inclusive no Brasil.

Ainda hoje, as falas de presidentes de vários bancos centrais também pesaram nos desempenhos dos mercados. Entretanto, o foco permaneceu nas apresentações da secretária do Tesouro, Janet Yellen, e do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, ao Comitê de Serviços Financeiros da Câmara de Representantes dos Estados Unidos.

Por aqui, o Banco Central apresentou a ata da última reunião, quando a taxa Selic saiu dos 2% ao ano para 2,75% ao ano. O tom hawkish do comunicado foi mantido na ata e com o Copom sinalizando mais um novo aumento na taxa referencial nas próximas reuniões.

Em dia de agenda enfraquecida, os agentes do mercado acompanharam os acontecimentos em Brasília, com o Supremo Tribunal Federal – STF retomando a sessão de julgamento de imparcialidade do ex-juiz, Sérgio Moro, no processo contra o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, sobre os imóveis no Estado de São Paulo e das doações ao Instituto Lula no âmbito da Operação Lava Jato.

Ainda por lá, o presidente Jair Bolsonaro deu posse ao novo ministro da Saúde, Dr. Marcelo Queiroga. A exoneração de Eduardo Pazuello e o nome do novo ministro foram lançadas em edição extra do Diário Oficial da União.

Sobre as commodities, o minério de ferro subiu nas negociações da China. Na contramão ficaram os preços do petróleo, com os sinais apontando para uma demanda fraca pela nova onda de coronavírus.

Ao final, o Ibovespa ficou em queda de 1,49% aos 113.261 pontos. O volume financeiro ficou em R$26,89 bilhões.

“O mercado seguiu monitorando o avanço da Covid-19 e, ao mesmo tempo, o processo de vacinação. A situação é preocupante, já que a atividade econômica está recuando. Hoje, o BCB apresentou a ata da reunião e manteve o mesmo tom hawkish do comunicado, mas deixou muitos pontos indefinidos. A bolsa também acompanhou o cenário externo, com a Europa enfrentando a terceira onda de coronavírus, com a Alemanha renovando as medidas restritivas até 18 de abril e com a Turquia enfrentando uma de suas maiores crises financeiras. Finalmente, as falas de Jerome Powell e de Janet Yellen no Comitê da Câmara não representaram muito, mas como sempre ficam no radar do mercado”, considerou o economista-chefe da Messem Investimentos, Gustavo Bertotti.

Operaram com ganhos
IRB Brasil ON, alta de 5,91%; CVC Brasil ON, alta de 5,56%; Marfrig ON, alta de 3,98%; Hapvida ON, alta de 1,53%; e Intermédica ON, alta de 1,76%.

Operaram com perdas
Azul PN, queda de 6,80%; Sid. Nacional ON, queda de 4,29%; Gerdau PN, queda de 4,36%; BRF ON, queda de 4,17%; e PetroRio ON, queda de 3,89%.

Mais negociadas
Vale ON, queda de 2,31%; Petrobras PN, queda de 3,06%; Bradesco PN, queda de 1,09%; Magaz. Luiza ON, queda de 1,83%; e ItauUnibanco, queda de 2,54%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 04 de janeiro de 2021 a 30 de abril de 2021, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Vale ON (11,330%), Itauunibanco PN (6,868%), Petrobras PN (5,909%), B3 ON (5,417%) e Bradesco PN (5,281%).

Commodities

O petróleo referência Brent ficou em queda de 0,51% a US$64,29 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em queda de 6,76% aos US$57,40 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no Porto de Qingdao ficou em queda de 2,71% a US$157,01 a tonelada seca.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?