Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa recua 0,9% na semana e mantém os 114 mil na sessão

Data de criação:

access_time 12/03/2021 - 19:08

Data de atualização:

access_time 12/03/2021 - 19:08
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de valores de São Paulo  operou volátil em grande parte da semana, com o Índice Bovespa recuando 0,90%. O investidor manteve o foco no ambiente interno, com as apostas e a cautela elevadas para a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição – PEC Emergencial e, ao mesmo tempo, no teto de gastos.

Finalmente, nesta madrugada, a PEC foi aprovada e deverá ser promulgada na próxima segunda-feira (15) em sessão no Congresso Nacional, conforme afirmou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Ao longo da semana, o mercado também acompanhou atentamente as reviravoltas no cenário político brasileiro, mas que não conseguiram atingir os negócios na bolsa de valores. O ponto de destaque ficou mesmo com o avanço da Covid-19 no País, bem como o processo lento de imunização por falta de vacinas e o estrangulamento do setor de saúde.

Por fim, o pacote emergencial dos Estados Unidos de US$1,9 trilhão, os indicadores econômicos e os arranjos entre as empresas na reta final da temporada de balanço também mereceram atenção.

Nesta sexta-feira, o pregão foi marcado por mais volatilidade, com o investidor optando por não arriscar. Os preços das commodities caíram nos mercados internacionais.

Ao final, o Ibovespa recuou 0,72% aos 114.160 pontos. O giro financeiro ficou em R$28,55 bilhões, um dos mais baixos em três meses.

“Os Treasuries dos Estados Unidos subindo novamente e o temor de uma puxada na inflação americana, que poderá mexer com a política monetária por parte do Federal Reserve, azedaram o humor do mercado lá fora. Já no ambiente doméstico, o grande ponto de atenção ficou mesmo com o avanço da pandemia de coronavírus, com a falta de vacinas, com o governo correndo contra o tempo para a compra e com o colapso no sistema de saúde. Todos esses fatores pesaram no sentimento do mercado. Hoje, os dados das vendas no varejo ficaram ruins, mas poderão sofrer alguma reação nos próximos meses com a aprovação da PEC Emergencial. A luz amarela permanece acesa, já que na semana teremos as reuniões do Copom e o Fed, o que sugere mais volatilidade nas próximas sessões”, considerou o analista de investimentos da Mirae Asset, Pedro Galdi.

Operaram com ganhos
Embraer ON, alta de 4,80%; Multiplan ON, alta de 3,94%; Ezetec ON, alta de 3,03%; Lojas Renner ON, alta de 2,82%; e Copel PNB, alta de 2,67%.

Operaram com perdas
B2W Digital ON, queda de 5,21%; Via Varejo ON, queda de 4,22%; Lojas Americanas PN, queda de 3,56%; B3 ON, queda de 2,40%; e Usiminas PNA, queda de 2,31%.

Mais negociadas
Vale ON, queda de 2,31%; Petrobras PN, queda de 0,52%; Bradesco PN, queda de 0,67%; ItauUnibanco PN, queda de 0,66%; e Suzano ON, alta de 0,12%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 04 de janeiro de 2021 a 30 de abril de 2021, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice foram: Vale ON (11,330%), Itauunibanco PN (6,868%), Petrobras PN (5,909%), B3 ON (5,417%) e Bradesco PN (5,281%).

Commodities

O petróleo referência Brent ficou estável a U$69,23 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em queda de 0,67% aos US$65,58 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no Porto de Qingdao ficou em queda de 3,08% a US$165,44 a tonelada seca.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?