Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa rompe os 110 mil pontos

Data de criação:

access_time 04/12/2019 - 16:37

Data de atualização:

access_time 04/12/2019 - 17:37
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O Ibovespa segue em alta nesta quarta-feira, com os investidores digerindo os dados econômicos apresentados pelo IBGE para a Produção Industrial, em linha, e refletindo ainda os números do PIB divulgado ontem. Ainda estão contribuindo para o bom humor na bolsa de valores de São Paulo os indicadores dos PMIs da China e também para o Brasil.

O clima externo contribui com as informações da Bloomberg, citando fontes, de que o acordo comercial entre a China e os Estados Unidos para a “Fase 1” está próximo.

Ainda está no radar a declaração do presidente Jair Bolsonaro descartando as possibilidades das privatizações da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

Há pouco, o Ibovespa estava em alta de 1,10% aos 110.158 pontos. O volume financeiro segue para os R$12 bilhões.

Operam com ganhos
ItauUnianco PN, alta de 3,03%; AMBEV ON, alta de 2,85%;WEG ON, alta de 2,67%; ViaVarejo ON, alta de 2,74%; e TIM Part. ON, alta de 2,63%.

Operam com perdas
Suzano ON, queda de 2,54%; JBS ON, queda de 2,21%; Petrobras BR ON, queda de 1,94%; Hypera ON, queda de 1,85%; e MRV ON, queda de 1,02%.

Mais negociadas
Itau Unibanco PN, alta de 3,03%; Petrobras PN, alta de 1,73%; Magaz. Luiza ON, queda de 0,74%; Brasil ON, alta de 0,97%; e ViaVarejo ON, alta de 2,42%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 02 de setembro de 2019 a 03 de janeiro de 2020, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice: Itauunibanco PN (9,194%), Vale ON (8,204%), Bradesco PN (7,300%), Petrobras PN (6,597%) e B3 ON (5,175%).

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?