Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa surfa na onda externa com Pfizer-BioNTech e Biden

Data de criação:

access_time 09/11/2020 - 19:05

Data de atualização:

access_time 09/11/2020 - 19:05
format_align_left 4 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O Ibovespa fechou na máxima nesta segunda-feira.  O anúncio da Pfizer- BioNTech de que a vacina candidata contra a Covid-19 está com resultado positivo em 90% animou os investidores. Além disso, a eleição do democrata Joe Biden como presidente dos Estados Unidos ficou entre os destaques do dia.

Ainda sobre vacinas, a Astra Zeneca considerou que os resultados da Pfizer-BioNTech são satisfatórios. A gigante farmacêutica do Reino Unido também declarou que sua vacina desenvolvida com a Universidade de Oxford vem apresentando resultados animadores e se prepara para em breve também fazer um anúncio.

Diante do otimismo com as vacinas, as ações das empresas que dependem do turismo e de viagens dispararam em todas as bolsas de ações do mundo.

No S&P, as ações da Boeing ficaram com ganhos de 21,62%, as da Deutsche Lufthansa subiram 1,48% na bolsa de Frankfurt e as ações da Gol e da Azul ficaram com ganhos de 19,94% e 18,43% respectivamente na bolsa brasileira.

Ainda sobre as commodities, os preços do petróleo dispararam nos mercados internacionais. Porém, o Brent voltou para campo negativo perto do fechamento e o minério de ferro negociado na China ficou em alta.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 2,57% aos 103.515 pontos. O volume financeiro ficou em R$49,25 bilhões.

“O dia foi positivo para os ativos de risco, com o Ibovespa seguindo o otimismo externo. Ficou nítida a informação de que a vacina da Pfizer-BioNTech foi positiva para as ações das empresas que mais sofreram com a restrição da circulação de pessoas na pandemia de coronavírus. As empresas aéreas, por exemplo, como a GOL e a Azul ficaram com as maiores altas, bem como a Multiplan e a BR Malls, que são empresas de shoppings centers e poderão ganhar com a chegada da vacina. As ações dos bancos também subiram, já que a leitura aponta para a volta do emprego e redução no risco de inadimplência. A Petrobras foi bem com o preço do petróleo”, avaliou a economista da Toro Investimentos, Paloma Brum.

Já na contramão, a economista destacou as empresas varejistas e também as que entraram em correção, como as produtoras de papel. “As ações da Lojas Renner ficaram entre os destaques, com os resultados financeiros bem impactados pelo isolamento social e com a forte possibilidade de recuperação nesta reta final do ano. Na contramão ficaram as ações da Suzano e da Klabin, que já vinham com altas fortes durante a pandemia e corrigiram. O que se vê é o investidor fazendo realocação de recursos naqueles papéis que podem ter bom desempenho daqui para frente, ou seja, levando para aquelas ações que mais sofreram com a pandemia. Correções também para B2W Digital, Totvs e WEG, que tiveram bons desempenhos nesse período de crise. O dia foi positivo”, finalizou economista da Toro Investimentos.

O bom humor na carona global se deu com a eleição americana. Joe Biden foi o presidente eleito, de acordo com os votos do Colégio Eleitoral e no popular. Embora o governo brasileiro ainda não tenha se manifestado sobre a vitória de Biden, os investidores descolaram e ficaram animados com as relações entre as empresas.

Operaram com ganhos
GOL PN, alta de 19,94%; Multiplan ON, alta de 14,05%; Azul PN, alta de 18,43%; Lojas Renner ON, alta de 14,51%; e Embraer ON, alta de 13,13%.

Operaram com perdas
B3 ON, queda de 4,89%; Totvs ON, queda de 5,47%; B2W Digital ON, queda de 3,15%; Via Varejo ON, queda de 3,54%; e Magaz. Luiza ON, queda de 3,22%.

Mais negociadas
Vale ON, estável; Bradesco PN, alta de 9,50%; Itaú Unibanco PN, alta de 8,10%; Magaz. Luiza ON, queda de 3,22%; e Petrobras PN, alta de 9,42%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 08 de setembro de 2020 a 30 de dezembro de 2020, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice: Vale ON (10,460%), Itauunibanco PN (6,379%), Bradesco PN (5,030%), Petrobras PN (5,623%) e B3 ON (5,329%).

Commodities

O petróleo referência Brent ficou em queda de 0,66% a US$42,12 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em alta de 7,59% aos US$39,95 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no Porto de Qingdao, China, ficou em alta de 3,35% a US$121,750 a tonelada.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?