Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ÍNDICES: Mercados acionários, moedas e agendas neste momento

Data de criação:

access_time 01/07/2020 - 12:58

Data de atualização:

access_time 01/07/2020 - 12:58
format_align_left 5 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários e das moedas para esta quarta-feira (01/07).

ÁSIA –Ao final, o índice Xangai, China, ficou em alta de 1,38% aos 3.025. O índice Shenzhen Composite ficou em alta de 0,79% a 1.991. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,75% aos 22.121. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,78% aos 2.610. O índice Kospi, Seul, ficou em queda de 0,08% a 2.106. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 1,43% os 34.414. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,71% aos 11.703. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,62% aos 5.934%.

As ações asiáticas subiram, com o desempenho da bolsa de Nova York no dia anterior e no melhor trimestre desde 1998, ignorando os sinais contínuos de danos econômicos globais causados pelo coronavírus. As incertezas que rondam o mundo em relação à pandemia seguem pesando no enfrentamento do novo normal. Até agora, são 10 laboratórios pesquisando uma vacina, incluindo na China, mas nenhuma está disponível. Hoje, a pesquisa trimestral do Banco do Japão mostrou que o sentimento dos fabricantes japoneses caiu para o nível mais baixo em mais de uma década, com a pandemia esmagando as exportações e o turismo, pilar da terceira maior economia do mundo. Na contramão do Japão, a China apresentou melhores resultados na pesquisa dos Gerentes de Compras. Os mercados de Hong Kong não operaram com feriado.

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 subia 0,40% aos 361.78 pontos em Londres; o FTSE-100 (Londres) seguia em alta de 0,12% aos 6.177 pontos; o DAX 30 (Frankfurt) seguia em queda de 0,20% a 12.286 pontos; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 0,08% a 4.939 pontos; o FTSE-MIB (Milão) seguia em queda de 0,04% aos 19.367 pontos; o Ibex 35 (Madri) seguia em alta de 0,30% a 7.252 pontos; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em queda de 0,64% a 4.362 pontos.

As bolsas de ações estão sinalizando um fechamento sem direção nesta quarta-feira. Os dados econômicos mistos estão pesando no humor dos investidores. O foco segue nos Estados Unidos, com as preocupações pelos avanços do coronavírus. O índice Stoxx Europe 600 opera em alta, mas caiu 0,3% no comércio instável, depois do fechamento lento no dia anterior. No trimestre o índice pan-europeu registrou um ganho de 12,5%. O impacto negativo do primeiro trimestre, com os bloqueios pela pandemia de coronavírus, está no radar. O peso nos índices está por conta do setor aéreo. As moedas estão sem direção.

ESTADOS UNIDOS: Dow Jones opera em alta de 0,07% aos 25.826 pontos. O S&P opera em alta de 0,42% aos 3.113 pontos. O Nasdaq opera em alta de 0,70% aos 10.129 pontos.

Nos Estados Unidos, os índices de peso estão operando com ganhos moderados, em dia de agenda global carregada. Havia muita cautela antes que os dados do relatório ADP fossem divulgados, já que as bolsas americanas não operam na sexta-feira, véspera do feriado de 04 de Julho. Entretanto, os dados nacionais mostraram que 2,37 milhões de empregos no setor privado foram adicionados em junho, ligeiramente abaixo das expectativas. Os economistas esperam agora que os dados de empregos do Payroll, que será divulgado amanhã, mostrem um ganho de emprego de 3 milhões, após um surpreendente aumento de 2,5 milhões em maio. O presidente Donald Trump voltou a atacar a China por conta do coronavírus. O índice de dólar opera em queda de 0,33% a 97,07.

BRASIL: Ibovespa opera em alta de 1,41% aos 96.392 pontos. O dólar comercial opera em queda de 1,43% aos R$5,361 para a venda.

No Brasil, a bolsa de valores de São Paulo opera no azul. Os investidores estão analisando os dados da agenda econômica global, bem como a ata do Copom e demais indicadores apresentados pelo IBGE, FGV/Ibre e CNI. A Balança Comercial brasileira e o Fluxo Cambial também serão divulgados nesta quarta-feira. No front político, o governo federal segue buscando um novo ministro da Educação. O dólar perde força ante o real, com o Banco Central do Brasil entrando com swap cambial

Commodities

O petróleo referência Brent opera em queda de 0,69% aos US$41,53 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI seguia em alta de 0,63% aos US$41,53 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do ouro segue em queda de 1,73% a US$1.770,20 a onça na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em queda de 0,26% a US$99,17 a tonelada seca.

*Por Ivonéte Dainese com relatórios de casas de análises e agências internacionais

 

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?