Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mirae Asset recomenda COMPRA na Duratex

Data de criação:

access_time 30/04/2021 - 12:45

Data de atualização:

access_time 30/04/2021 - 12:45
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Entre as recomendações para esta sexta-feira (30/04), a equipe de análise da Mirae Asset escolheu a Duratex, que apresentou resultado financeiro do terceiro trimestre.

DURATEX ON

Divulgou o resultado do 1T21. A receita líquida foi de R$ 1,768 bilhão, com aumento de 52% em relação ao 1T21 e ficou acima da expectativa. No segmento de painéis o volume aumentou 36% em relação ao 1T20, em revestimento cerâmico aumentou 11% e na Deca aumentou 25%.

O aumento na receita foi decorrente do aumento na demanda por seus produtos em todos os segmentos / divisões, em especial na Divisão Madeira, e a estratégica política de aumento de preços. A receita do mercado externo mostrou um crescimento de 60,5%, totalizando R$ 353,5 milhões. Este resultado reflete o aumento nas exportações.

Na América Latina, assim como pela variação cambial do período. A participação do mercado externo na receita total representou 20,0%. A receita foi beneficiada pelo mercado interno, mercado externo e variação cambial ocorrida no período. O Ebitda foi de R$ 496,0 milhões, com aumento de 126% em relação ao 1T20 e a margem ficou em 28% versus 19% no 1T20, ficando acima da expectativa. O motivo foi decorrente do aumento de receita, principalmente no segmento / divisão de painéis, que por sua vez mostrou um forte aumento de Ebitda, superior as demais divisões, impactando o Ebitda total da empresa. O Ebitda da divisão de painéis aumentou 158%, o da Deca aumentou 72% e o da divisão de cerâmicos aumentou 54%.

O lucro líquido foi de R$ 173,0 milhões, com aumento de 232% em relação ao 1T20, acima da expectativa, beneficiada pelos pontos comentados e beneficiada também pelo resultado financeiro. Encerrou o período com uma relação dívida líquida / Ebitda de 1,2x versus 2,2x no 4T20.

“Divulgou o forte resultado, superior a expectativa, com aumento de demanda em todas as suas divisões, beneficiada pelo aumento de preços e variação cambial nas exportações. A Duratex postergou as paradas de manutenção para o 2T21, o que deverá afetar o resultado no período. Continuamos otimistas com o setor e com a empresa.”

A recomendação é de COMPRA ao preço justo: R$ 25,00. Upside: +13%.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?