Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Votorantim Cimentos faz primeira emissão de debêntures ESG

Data de criação:

access_time 23/03/2021 - 20:04

Data de atualização:

access_time 23/03/2021 - 20:06
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A Votorantim Cimentos, empresa internacional de materiais, minerais e soluções, fez sua primeira emissão de debêntures ESG (sigla em inglês que avalia as operações das empresas nos eixos ambiental, social e de governança) no mercado de capitais brasileiro, com metas atreladas a indicadores de sustentabilidade. A linha de R﹩ 450 milhões tem prazo de cinco anos, com vencimento em fevereiro de 2026. Os recursos captados serão utilizados para o pagamento de dívidas com vencimento em curto prazo (2023). A taxa de juros da operação foi CDI + 1,45% ao ano.

A captação foi coordenada pelos bancos Itaú BBA, Santander e UBS BB, e a verificação e parecer de segunda parte foi feito pela Bureau Veritas, que validou os indicadores escolhidos e a ambição das metas assumidas. Os indicadores (KPIs) que serão medidos são a emissão de CO2 por tonelada de cimento e o índice de substituição térmica, dois importantes parâmetros de sustentabilidade para a indústria de cimento e alinhados aos Compromissos em Sustentabilidade para 2030 estabelecidos pela companhia em novembro de 2020. Com o cumprimento das metas estabelecidas a cada dois anos, a Votorantim Cimentos terá benefícios nas condições de pré-pagamento da dívida.

“A realização dessa captação, pioneira no setor de construção civil no mercado brasileiro, é mais um passo para alinhar os compromissos financeiros aos compromissos em sustentabilidade da companhia. Buscamos crescer, inovar e aumentar a eficiência operacional do nosso negócio utilizando sempre a sustentabilidade como um de nossos direcionadores estratégicos”, afirma Osvaldo Ayres Filho, CFO Global da Votorantim Cimentos.

Além dessa primeira emissão de debêntures com critérios ESG no mercado de capitais brasileiro, a Votorantim Cimentos possui cerca de US$ 350 milhões em dívidas no exterior atreladas a indicadores de sustentabilidade.

Em novembro de 2020, a Votorantim Cimentos anunciou seus Compromissos de Sustentabilidade para 2030 . As metas têm o objetivo de alinhar toda operação mundial da companhia às demandas atuais e futuras da sociedade, gerando impacto positivo em toda a sua cadeia e nas comunidades em que atua. Os compromissos são divididos em sete pilares: ética e integridade; saúde, segurança e bem-estar; diversidade e inclusão; inovação, pegada ambiental; economia circular e valor compartilhado.

A meta estabelecida nos Compromissos de Sustentabilidade para 2030 em relação à emissão de CO2 é de reduzir o índice para 520kg de CO2 por tonelada de cimento até 2030. Entre 1990 e 2020, a empresa já reduziu 25% a sua emissão de CO2 por tonelada de cimento, volume que passou de 763 kg para 576 kg. Em relação à substituição térmica, a meta é atingir o índice de 53%, percentual de energia vinda de combustíveis alternativos para alimentar os fornos de produção nas unidades fabris. Atualmente, esse índice é de 23%.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?