Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street opera em alta com safra de balanços e vacinação

Data de criação:

access_time 03/05/2021 - 12:12

Data de atualização:

access_time 03/05/2021 - 12:24
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de peso de Wall Street estão operando com ganhos nesta segunda-feira (03/05). Os investidores estão monitorando os resultados financeiros das gigantes americanas, em dia de agenda carregada.

Há pouco, o Dow Jones operava em alta de 0,91% aos 34.183. O S&P seguia em alta de 0,54% a 4.203. O Nasdaq subia 0,17% aos 13.986.

Depois de fechar abril como um dos melhores resultados desde novembro do ano passado, os índices principais estão sendo embalados pela temporada de resultados, com as empresas apresentando lucros acima das projeções.

Na sexta-feira (30/04), pelo menos 86% das empresas do S&P 500 superaram as expectativas de lucro do primeiro trimestre, de acordo com dados da FactSet.  De acordo com os analistas, o bom humor ocorre com o processo de vacinação em ritmo acelerado e com os consumidores voltando para as ruas.

Conforme os Centros de Controle e Prevenção de Doenças, até este domingo (02/05) mais de 104 milhões de americanos estavam totalmente vacinados, o que representam quase um terço da população total do país.

Entre as ações com ganhos no Dow Jones estavam as da Amgen, Walmart, Apple, Chevron e IBM. Na contramão estavam as ações da Salesforce, Intel e 3M Co.

O índice DXY, que compara o dólar na cesta com seis moedas, estava em queda de 0,42% aos 90,89.

O euro opera em alta de 0,43% aos US$ 1,2072 e a libra esterlina em alta de 0,81% aos US$1,3924.

O Bitcoin opera em alta de 1,68% a US$57,931,88.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?