Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street dispara esperando pelo “fim da novela” de tarifas entre EUA e China

Data de criação:

access_time 12/12/2019 - 18:28

Data de atualização:

access_time 12/12/2019 - 19:28
format_align_left 4 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de peso de Wall Street operaram com ganhos nesta quinta-feira, com os investidores analisando a decisão do Federal Reserve em manter as taxas de juros. Além disso, o foco estava na Europa com o fim da reunião do Banco Central Europeu – BCE, que manteve também as taxas de juros. Porém, a grande expectativa seguiu para a definição dos acordos comerciais entre os Estados Unidos e a China.

Ao final, o Dow Jones ficou em alta de 0,79% aos 28.132 pontos. O S&P ficou em alta de 0,86% aos 3.168 pontos. O Nasdaq subiu 0,73% aos 8.717 pontos.

Hoje foi mais um dia de expectativa, depois que o presidente Donald Trump twittou que os Estados Unidos estão “chegando muito perto de um grande acordo com a China”, sinalizando que as tarifas definidas para entrar em vigor no domingo podem ser evitadas. Lembrando que o presidente já fez inúmeras declarações como essa e voltou atrás em seguida.

No Twitter: Donald J. Trump ✔

@realDonaldTrump “Chegando MUITO perto de um GRANDE NEGÓCIO com a China. Eles querem, e nós também!”

Um relatório do Wall Street Journal indicou que os negociadores comerciais dos Estados Unidos estão oferecendo o cancelamento de novas tarifas na China e a redução dos impostos existentes sobre produtos chineses em até 50%, com importações no valor de US $ 360 bilhões.

Na Europa, o Banco Central Europeu anunciou sua decisão de manter sua taxa de depósito principal em 0,5% negativo, com sua taxa de compra de ativos em € 20 bilhões por mês, como amplamente esperado pelos analistas. A reunião do BCE foi a primeira presidida pela nova presidente Christine Lagarde (ex-FMI).

Enquanto isso, o Reino Unido realizou eleições gerais. A importância desse pleito ainda é maior que os anteriores, já que a partir de agora a decisão de saída do Reino Unido da União Europeia ganha outro viés. Os números das pesquisas recentes indicam que o Partido Conservador do primeiro-ministro Boris Johnson tem maior probabilidade de ganhar, mas sua liderança se estreitou sobre o rival Partido Trabalhista, injetando um mínimo de dúvida no resultado.

Entre as ações com ganhos no Dow Jones estavam as do JPMorgan Chase & Co., alta de 2,86%; as da Cisco Systems Inc, alta de 3,14% e as do Goldman Sachs Group, alta de 2,20%.

Entre as ações com ganhos no S&P estavam as Wynn Resorts, alta de 9,47%, as da GAP Inc, alta de 5,26% e as da L Brands Inc, ganhos de 6,82%.

Entre as ações com ganhos no Nasdaq estavam as da Assertio Therapeutics Inc, alta de 56,65%, as da TOP Ships Inc, alta de 24,48% e as da Assembly Biosciences IN, alta de 34,44%.

Nos Estados Unidos, o Índice de Preços ao Produtor para a demanda final permaneceu inalterado em novembro, com ajuste sazonal, informou hoje o Departamento de Estatísticas do Trabalho. Os preços finais da demanda aumentaram 0,4% em outubro e caíram 0,3% em setembro. Em uma base não ajustada, o índice de demanda final avançou 1,1% nos 12 meses encerrados em novembro. Em novembro, um aumento de 0,3% nos preços dos produtos de demanda final compensou uma queda de 0,3% no índice de serviços de demanda final.

Nos Estados Unidos, na semana que terminou em 07 de dezembro, os números de pedidos de auxílio desemprego, com ajuste sazonal, ficou em 252 mil, alta de 49 mil em relação ao nível não revisado da semana anterior, de 203 mil. Este é o nível mais alto para reivindicações iniciais desde 30 de setembro de 2017, quando eram 257 mil.

A média móvel de quatro semanas foi de 224 mil, um aumento de 6.250 em relação à média não revisada da semana anterior, de 217.750. A taxa de desemprego segurado, com ajuste sazonal, antecipado foi de 1,2% na semana encerrada em 30 de novembro, inalterada em relação à taxa não revisada da semana anterior. Os dados são do Ministério do Trabalho.

Tradução ID com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?