Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street fecha sessão em queda e ganha força na semana

Data de criação:

access_time 20/11/2020 - 18:36

Data de atualização:

access_time 20/11/2020 - 18:36
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de Nova York fechou em campo negativo nesta sexta-feira. Os investidores mantiveram as atenções nas informações sobre o pacote emergencial. A pandemia assusta e mais medidas restritivas estão ocorrendo no país.

Ao final, o Dow Jones ficou em queda de 0,75% aos 29.263 pontos. O S&P recuou 0,68% aos 3.557 pontos. O Nasdaq ficou em queda de 0,42% a 11.854 pontos. Na semana, o Dow e o S&P 500 fecharam em queda de 0,7%, e o Nasdaq encerrou em alta de 0,4%.

A decisão do Tesouro de permitir que vários programas de emergência do Federal Reserve expirem em dezembro, mesmo contra a vontade dos membros do banco central, derrubou o otimismo em Wall Street. Porém, as ações estavam em alta no período de cinco dias, com a notícias otimistas sobre vacinas. A interrupção das negociações no Senado até depois do Dia de Ação de Graças também fez peso nos negócios.

Sobre as vacinas, a Pfizer (PFE) disse que os testes finais do ensaio clínico mostraram que a vacina candidata foi 95% eficaz na prevenção do COVID-19 e que a empresa pediu hoje autorização de uso emergencial junto à Food and Drug Administration. O plano é que a vacina poderá ser usada a partir de dezembro.

Entre as ações de tecnologia com perdas ficaram as do Facebook, queda de 1,19%, as da Microsoft, queda de 0,96%, e as da Apple, queda de 1,10%.

A agenda local estava vazia.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?