Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Conteúdo por:

Mecardos melhores

Data de criação:

access_time 05/04/2021 - 18:52

Data de atualização:

access_time 05/04/2021 - 21:52
format_align_left 4 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Todos os mercados abertos na sessão de hoje tiveram boas performances, destaque que os principais mercados da Europa não operaram por extensão do feriado. Essa era nossa previsão para o dia que acabou confirmando. Na Bovespa, na máxima do dia o índice atingiu 117.667 pontos, e dólar em boa queda.

Motivos não faltaram para esse comportamento dos ativos de risco. Na última sexta-feira, o payroll americano com a criação de vagas na economia (setores público e privado), que em março mostrou expansão de 916.000, muito bom, principalmente para as preocupações do governo e do FED. Esses dados foram confirmados hoje pelo PMI de serviços em alta para 60,4 pontos e o composto (inclui indústria) com 59,7 pontos. O ISM de Chicago também de serviços saltou para 63,7 pontos, quando o esperado era 59,2 pontos.

A secretária do Tesouro americano, Janet Yellen, disse que a relação com a China deve ser competitiva e colaborativa e que para os EUA crescerem nossos parceiros precisam prosperar. Yellen identifica vulnerabilidade no setor financeiro que deve ser mitigada. Acrescentou que os países desenvolvidos vão abrir mão de saques no FMI para ajudar emergentes. Sobre o pacote de infraestrutura, se provar ser inflacionário terão ferramentas para domar.

Sobre o covid-19, mesmo com a vacinação máxima que ocorre nos EUA, ainda assim os casos de infecção cresceram 7,0% na última semana, apesar de óbitos terem reduzido. O grupo G-24 está pedindo para que os países ricos quebrem a patente de vacinas contra covid-19 para facilitar a produção e pedem mais recursos para a Covax, distribuída pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Na Rússia, Putin sancionou lei que irá permitir que continue no cargo até o ano 2036.

A Bolsa de Mumbai, na Índia, registrou queda de 1,74%, em função de novo recorde de contágio. No mercado internacional, grande destaque para o petróleo WTI negociado em NY que registrou queda de mais de 5,0% na sessão de hoje, por conta de suspeitas de arrefecimento da demanda e também pela abertura do Canal de Suez. No fechamento dos negócios, o óleo registrava queda de 4,85%, com o barril cotado a US$ 58,47. O euro era transacionado em alta para 1,181 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros 1,733%. Com a melhora dos mercados o ouro e a prata tiveram dia de queda na Comex e commodities agrícolas com comportamento de alta na Bolsa de Chicago.

No cenário doméstico, a pesquisa semanal Focus do Bacen veio com alterações na margem para a maior parte dos indicadores. A inflação pelo IPCA ficou estável peal primeira vez em semanas em 4,81% para 2021 e 2022 com alta para 3,52%. Selic estável em 5,0% e PIB com leve queda para 3,17%. A produção industrial de 2021 evoluiu para 5,29% (de 5,24%) e déficit em conta corrente em US$ 11,83 bilhões. O saldo da balança comercial ficou estável em US$ 55 bilhões, mas até aqui as exportações estão fracas, melhorando em abril com entrada de safra.

O problema atual segue sendo os números do orçamento de 2021 que reforça o pleito por decreto de calamidade e abertura da porteira de gasto. Mas o presidente do Senado Rodrigo Pacheco disse que o orçamento teve toda participação do governo. Bolsonaro também voltou ao velho discurso de negação sobre o isolamento em cerimônia de entrega de casas.

No mercado, dia de dólar em queda de 0,62%, para terminar cotado em R$ 5,68. Na Bovespa, a última sessão de março trouxe como balanço final a saída de recursos no mês de R$ 4,61 bilhões, deixando o saldo de 2021 ainda com ingresso líquido de R$ 12,16 bilhões. No mercado acionário, com as principais Bolsas europeias fechadas, o destaque absoluto ficou por conta do mercado americano, onde o Dow Jones valorizou 1,13% e estabeleceu novo recorde de pontuação (junto com Nasdaq e S&P) e a Nasdaq com +1,67%.

A Bovespa encerrou com +1,97% e índice em 117.518 pontos. Destaque absoluto para as ações de Vale que, além da alta do minério hoje de 0,53%, ainda contou com a decisão de recompra para tesouraria de 270 milhões de ações. Fechou com alta de 6,16, cotada a R$ 103,39.

Na agenda de amanhã, nenhum indicador com capacidade de influir nos mercados. No entanto, na zona do euro teremos o índice Sentix de confiança do consumidor de abril e a taxa de desemprego de fevereiro.

Boa noite!

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?