Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ANÁLISE: Bens duráveis dos EUA

Data de criação:

access_time 27/05/2021 - 12:39

Data de atualização:

access_time 27/05/2021 - 12:39
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As encomendas de bens duráveis tiveram variação abaixo do esperado no headline, compensado parcialmente por revisão no número anterior. Por outro lado, as leituras subjacentes surpreenderam positivamente.

Durable Goods Orders abril (%MoM): -1.3% (esperado: 0.8%; ant.: 0.8%, rev. p/ 1.3%)
Durable Ex-Transp. abril (%MoM): 1.0% (esperado: 0.7%; ant.: 1.9%, rev. p/ 3.2%)
Goods Orders Nondef. Ex-air abril (%MoM): 2.3% (esp.: 1.0%; ant.: 1.2%, rev. p/ 1.6%)
Goods Ship. Nondef. Ex-air abril (%MoM): 0.9% (esp.: 0.8%; ant.: 1.6%, rev. p/ 1.5%)

Por dentro do índice, a leitura subjacente de encomendas avança para o melhor ritmo desde junho do ano passado. No entanto, a média de três meses anualizada ainda assim desacelera para 11.4% (anterior: 11.9%). O grupo de transporte apresentou desaceleração, puxado por vehicles and parts. Fora este, somente equipamento elétrico desacelerou.

Em shipments, vemos perda de momento após a forte expansão de 1.5% no mês anterior para a leitura subjacente. A média de três meses anualizada desacelerou de 11.3% para 8%. Tal como na abertura de encomendas, o destaque negativo é a queda de -6.5% de vehicles and parts.

Em suma, o número apresenta viés positivo nas leituras subjacentes para o começo do segundo trimestre pelo lado de investimentos. Nestas aberturas, a variação YoY está acima das leituras observadas no começo da década passada. Para frente, mantemos viés positivo para a economia americana, mas com perda do momento fortemente positivo observado até agora.

*Por Felipe Sichel – estrategista-chefe do banco digital modalmais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?