Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ANÁLISE: Bens Duráveis dos EUA

Data de criação:

access_time 25/02/2021 - 13:17

Data de atualização:

access_time 25/02/2021 - 13:18
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As encomendas de bens duráveis avançaram mais do que o esperado em janeiro, tanto no headline quanto nas leituras subjacentes. As revisões de dezembro foram altistas.

A junção de política monetária estimulativa junto ao pacote de estímulo fiscal a ser aprovado e a perspectiva de arrefecimento nos índices relacionados à pandemia sugere manutenção do ritmo de recuperação.

Comentários:

As encomendas de bens duráveis avançaram mais do que o esperado em janeiro, tanto no headline quanto nas leituras subjacentes. As revisões de dezembro foram altistas.

Durable Goods Orders janeiro.: 3.4% (esperado: 1.1%; anterior: 0.5%, rev. p/ 1.2%)
Durable ex-transp. janeiro.: 1.4% (esperado: 0.7%; anterior: 1.1%, rev. p/ 1.7%)
Goods Orders nondef ex-air jan.: 0.5% (esp.: 0.8%; ant.: 0.7%, rev. p/ 1.5%)
Goods Shipments nondef ex-air jan.: 2.1% (esp.: 0.6%; ant.: 0.7%, rev. p/ 1.0%)

Por dentro do índice nota-se avanço significativo na abertura de shipments core, que entra diretamente no PIB. O avanço %YoY registra a maior leitura desde 2018, com médias móveis indicando manutenção do forte movimento à frente. Destaca-se especificamente que o avanço em shipments foi disseminado por todas as categorias.

O mês de fevereiro pode trazer algum drag no dado por conta das tempestades de inverno que impactaram diversos estados. No entanto, a junção de política monetária estimulativa junto ao pacote de estímulo fiscal a ser aprovado e a perspectiva de arrefecimento nos índices relacionados à pandemia sugere manutenção do ritmo de recuperação.

*Por Felipe Sichel, estrategista-chefe do banco digital modalmais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?