Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ANÁLISE: Bens Duráveis nos EUA

Data de criação:

access_time 24/03/2021 - 11:03

Data de atualização:

access_time 24/03/2021 - 11:03
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As encomendas de bens duráveis mostraram variação abaixo do esperado no headline em fevereiro (dados preliminares), mas em linha com as expectativas na abertura subjacente.

Comentários:

As encomendas de bens duráveis mostraram variação abaixo do esperado no headline em fevereiro (dados preliminares), mas em linha com as expectativas na abertura subjacente.

Durable Goods Orders (%MoM): -1.1% (esperado: 0.5%; anterior: 3.4% rev. p/ 3.5%)
Durables Ex- Transp. (%MoM): -0.9% (esperado: 0.5%; anterior: 1.3% rev. p/ 1.6%)
Goods Ord. Nondef. Ex- Air. (%MoM): -0.8% (esp.: 0.5%; ant.: 0.5% rev. p/ 0.6%)
Goods Ship. Nondef. Ex- Air. (%MoM): -1.0% (esp.: -1.0%; ant.: 1.8% rev. p/ 1.9%)

Com esta leitura, o headline e a leitura de shipments core interrompem uma sequência de nove meses de elevação. Não obstante, o %YoY de ambos permanece em elevação de 2.3% e 7%, respectivamente.

Por dentro da composição das encomendas, nota-se desaceleração em todos os grupos, exceção feita a equipamentos elétricos. Em contrapartida, shipments mostra desaceleração também neste componente.

A leitura eleva o tom de preocupação para os meses à frente por conta da retração pelo lado das encomendas. No entanto, há possibilidade de que parte da desaceleração seja relacionada ao clima. Assim, mantemos nossa projeção otimista para a economia americana no ano.

*Por Felipe Sichel, estrategista-chefe do banco digital modalmais.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?