Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ANÁLISE: Fed da Filadélfia e os setor de Manufatura

Data de criação:

access_time 20/05/2021 - 17:10

Data de atualização:

access_time 20/05/2021 - 17:10
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O Philly FED manufacturing index registrou 31.5 no mês, ficando abaixo do esperado pelo mercado (41.5). A composição do índice foi ruim, com queda em encomendas, envios, número de empregados e aumento nos preços. As expectativas seis meses à frente também deterioraram.

Por dentro da queda de -18.5 pontos desde a última leitura, destaca-se especificamente a retração em number of employees, que saiu de 30.8 para 19.3. Por outro lado, average workweek subiu de 29.8 para 35.5, reforçando a suposição posta no último Payroll sobre oferta de trabalho.

O indicador de preços é outro foco de preocupação. A abertura atingiu novo máximo e sua média móvel de 12 meses projetada para chegar em breve nos níveis vistos no momento mais aquecido da última década.

Em todo caso, o índice permanece em patamar elevado, com a média móvel de 12 meses próxima às máximas registradas no ciclo anterior.

Nas expectativas, o índice geral retrocedeu 13.9 pontos, ficando no menor patamar em três meses. Nota-se retração de 9.2 pontos em new orders e 3.6 pontos em number of employees.

Em suma, o índice reforça a leitura já posta pelo Empire Manufacturing no começo da semana de desaceleração na margem do setor industrial. Em todo caso, as indicações postas de pressão de preços preocupam.

*Por Felipe Sichel é estrategista-chefe do banco digital modalmais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?