Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ANÁLISE: PIB do Brasil

Data de criação:

access_time 01/06/2021 - 10:59

Data de atualização:

access_time 01/06/2021 - 10:59
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O PIB avançou 1,2% no primeiro trimestre de 2021 em relação ao último trimestre do ano anterior, acima das nossas expectativas e do consenso de mercado. No ano contra ano, avanço de 1%.

A indústria, com avanço de 0,7% foi a principal surpresa em relação a nossa projeção. Destacamos, porém, que esse crescimento se deve principalmente aos componentes indústria extrativa (3,2%) e construção (2,1%). Por outro lado, a indústria de transformação registrou queda de 0,5%. O setor de serviços registrou crescimento de 0,4% no trimestre, ainda que não seja um valor expressivo, mostra resiliência em um trimestre sem o auxílio emergencial e com recrudescimento da pandemia. Destaca-se o crescimento do comércio (1,2%) e dos transportes (3,6%). Ainda, o grande destaque positivo pelo lado da oferta do primeiro trimestre vai para a agropecuária que expandiu 5,7% no período.

Do lado da demanda, o consumo das famílias variou marginalmente para baixo, em 0,1%, e fazemos as mesmas ressalvas de serviços. O consumo do governo registrou -0,8% de variação. Surpresa positiva com a Formação bruta de capital fixo, registrando crescimento de 4,6%. Por fim, tanto exportações e importações cresceram 3,7% e 11,6%, respectivamente.

Os números do trimestre confirmam uma recuperação mais forte da economia, ainda que com menos intensidade que o IBC-Br. Para as próximas leituras, avaliamos que o impacto limitado da segunda onda da pandemia, a retomada do auxílio emergencial e o avanço na vacinação apontam para um sólido crescimento em 2021. Com a surpresa positiva, revemos nossa projeção para crescimento de 4,6% no ano.

*Por Felipe Sichel é estrategista-chefe do banco digital modalmais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?