Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ANÁLISE: Ponderações sobre PIB Q1

Data de criação:

access_time 14/05/2021 - 08:22

Data de atualização:

access_time 13/05/2021 - 21:24
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Ante o desafio inerente na projeção do primeiro trimestre, divulgamos a projeção atualizada para o PIB Q1. Nossa estimativa mostra avanço de 0.7% do PIB no período. Com isso, projetamos o crescimento do PIB de 2021 em 4,1%.

Comentários:

O PIB do primeiro trimestre de 2020 será divulgado pelo IBGE no dia primeiro de junho. Números divergentes sobre a atividade econômica ampliam a discussão sobre seu valor. Os modelos variam amplamente, com projeções indicando de queda até um forte crescimento.

Entre os diversos modelos estimados, a maior queda indicaria uma variação de -1,6%. Já o maior crescimento seria de 2,2% para o primeiro trimestre de 2020.

Vale ressaltar que cada um dos modelos tem um bom fit para determinadas épocas. Aqueles que projetam uma variação negativa dão um peso maior para a indústria e vão de acordo com a leitura da Pesquisa Industrial Mensal (PIM), que variou negativamente no primeiro trimestre do ano (-0,41% em relação ao trimestre anterior).

Por outro lado, a projeção mais forte está baseada nos dados do IBC-Br. Divulgado pela manhã, este indicador registrou um crescimento de 2,3% no primeiro trimestre e estaria associado a um crescimento de 2,2% do PIB. Destaca-se que o indicador projeta uma sólida recuperação da economia e teve dois ajustes para cima em sua leitura para os meses de janeiro e fevereiro.

A leitura da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) vai em linha com o IBC-Br, registrando um crescimento de 2,79% no trimestre. Já a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) revela variações negativas no comércio varejista de 4,28% e 3,89% para os índices de volume de vendas nos conceitos restrito e ampliado, respectivamente.

Tendo em mãos os valores trimestrais da PMS e da PIM, projetamos o PIB Industrial em -0,3% e o PIB de Serviços em 1%. Estes valores se juntam à nossa projeção de 0,8% para o PIB da Agropecuária. Nota-se evidentemente que os diferentes setores da economia tiveram leituras divergentes no primeiro trimestre a partir das pesquisas mensais do IBGE. Os modelos que ponderam os crescimentos da indústria, dos serviços e do comércio estão associados a uma alta mais contida do PIB, entre 0,4% e 1%.

Assim, ante o desafio inerente na projeção deste período, nossa melhor estimativa encontra-se justamente no meio dos modelos que refletem os indicadores de atividade, mostrando avanço de 0.7% do PIB no primeiro trimestre de 2021. Com isso, projetamos o crescimento do PIB de 2021 em 4,1%.

*Por Felipe Sichel, estrategista-chefe do banco digital modalmais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?