Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Arrecadação Federal soma R$156,8 bilhões em abril

Data de criação:

access_time 20/05/2021 - 14:29

Data de atualização:

access_time 20/05/2021 - 14:29
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A arrecadação total das Receitas Federais atingiu, em abril de 2021, o valor de R$
156,822 bilhões, registrando acréscimo real (IPCA) de 45,22% em relação a abril de 2020. Os números são da Receita Federal e foram apresentados nesta quinta-feira (20/05).

No período acumulado de janeiro a abril de 2021, a arrecadação alcançou o valor de R$ 602,722 bilhões, representando um acréscimo pelo IPCA de 13,62%. Importante observar que se trata do melhor desempenho arrecadatório desde 2000, tanto para o mês de abril quanto para o quadrimestre.

Quanto às Receitas Administradas pela RFB, o valor arrecadado, em abril de 2021, foi
de R$ 142,892 bilhões, representando um acréscimo real (IPCA) de 43,41%, enquanto que no período acumulado de janeiro a abril de 2021, a arrecadação alcançou R$ 574 bilhões, registrando acréscimo real (IPCA) de 14,00%.

O resultado pode ser explicado, principalmente, pelos fatores não recorrentes, como
recolhimentos extraordinários de R$12 bilhões do IRPJ/CSLL de janeiro a abril de 2021 e pelos recolhimentos extraordinários de R$2,8 bilhões no mesmo período do ano anterior. Além disso, as compensações aumentaram 63% em abril de 2021 em relação à abril de 2020 e cresceram 40% no período acumulado.

Destaques de Abril de 2021

A Cofins e o PIS/Pasep apresentaram uma arrecadação conjunta de R$ 28,189 bilhões, o que representa um acréscimo real de 103,94%.

O Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas e a Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido
totalizaram no mês de abril uma arrecadação de R$ 35,300 bilhões, o que representa um acréscimo real, de 42,60%.

A Receita Previdenciária teve arrecadação de R$ 35,289 bilhões, com acréscimo real de
41,97%.

Destaques do período Janeiro-Abril de 2021

O Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas e a Contribuição Social Sobre o Lucro
Líquido totalizaram uma arrecadação de R$ 143,112 bilhões, com crescimento real de 24,75%.

A Cofins e o PIS/Pasep apresentaram uma arrecadação conjunta de R$ 116,295 bilhões, representando crescimento real de 20,92%.

O Imposto sobre a Importação e o IPI Vinculado arrecadaram, em conjunto, R$ 31,408
bilhões, representando crescimento real de 40,23%.

*ID

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?