Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 39 mil nos EUA

Data de criação:

access_time 22/04/2021 - 11:06

Data de atualização:

access_time 22/04/2021 - 11:06
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Nos Estados Unidos, na semana encerrada em 17 de abril, os pedidos iniciais de auxílio-desemprego, ajustados sazonalmente, ficaram em 547 mil, queda em 39 mil do nível revisado da semana anterior. Este é o nível mais baixo para reivindicações iniciais desde 14 de março de 2020, quando era 256 mil, declarou o Departamento do Trabalho americano.

O nível da semana anterior foi revisado para cima em 10 mil, de 576 mil para 586 mil. A média móvel de quatro semanas foi 651 mil, queda de 27.750 em relação à média revisada da semana anterior. Este é o nível mais baixo para esta média desde 14 de março de 2020, quando era 225.500. A média da semana anterior foi revisada para baixo em 4.250 de 683 mil para 678.750.

A taxa de desemprego, que é medida pelos pedidos e com ajuste, foi de 2,6% na semana encerrada em 10 de abril, queda em 0,1 ponto percentual em relação à taxa não revisada da semana anterior.

O número de solicitações, com ajuste, para a semana fechada em 10 de abril estavam em 3.674.000, queda em 34 mil em relação à revisão do nível da semana anterior. Este é o nível mais baixo do desemprego, com base nas solicitações, desde 21 de março de 2020, quando era 3.094.000.

*Tradução ID com Departamento do Trabalho dos EUA

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?