Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

PIB da Alemanha fica em queda de 1,8% no primeiro trimestre

Data de criação:

access_time 25/05/2021 - 11:08

Data de atualização:

access_time 25/05/2021 - 11:08
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Na Alemanha, o produto interno bruto – PIB para o primeiro trimestre de 2021 recuou para 1,8% no comparativo com o último trimestre de 2020, com ajuste de preços, sazonalidade e lendário. O resultado ficou acima da estimativa de queda em 1,7%.

No comparativo com o mesmo trimestre de 2020, o resultado marcou queda em 3,4%, com o preço ajustado, e queda de 3,1% no mesmo trimestre do ano anterior, com ajuste no preço e de acordo com o calendário. Os dados são do Destatis.

A economia alemã mostrou recuperação no segundo semestre de 2020, com alta de 8,7% no terceiro trimestre e alta em 0,5% no quarto trimestre. Em comparação com o quarto trimestre de 2019, o trimestre anterior ao início da pandemia de coronavírus, o PIB estava em alta de 5,0%.

Ainda na Alemanha, o Índice do Clima de Negócios – ifo passou de 96,6 pontos (com ajuste sazonal) em abril para 99,2 pontos em maio. O resultado em 99,2 pontos ficou acima da projeção de 98,2 pontos e é o maior valor desde maio de 2019.

O instituto verificou que as empresas estão mais satisfeitas com a situação atual dos negócios. Os empresários também estão mais otimistas em relação aos próximos meses. A economia alemã está ganhando velocidade.

*Tradução ID do Destatis e ifo

 

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?