Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

PMI de Serviços da Espanha reage em junho

Data de criação:

access_time 03/07/2020 - 14:20

Data de atualização:

access_time 03/07/2020 - 13:15
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Na Espanha, houve um retorno ao crescimento no setor de de Serviços durante junho, depois da queda sem precedentes da atividade vista no início do trimestre. Os dados foram apresentados nesta sexta-feira pelo IHS/Markit.

O principal Índice de Atividades de Negócios para o setor de Serviços, baseado em uma única pergunta solicitando que as empresas comentassem os desenvolvimentos em suas atividades desde o mês anterior, que ficou acima da marca de 50,0 em junho,50,2, alta acentuadamente em 27,9 de maio. Embora bem-vindo, o crescimento foi marginal e seguiu-se de um período de contração sem precedentes na atividade do setor de serviços.

No entanto, o crescimento foi apenas marginal, pois a pandemia global da doença por coronavírus (COVID-19) continuou pesando fortemente na atividade econômica, apesar do abrandamento das restrições de bloqueio destinadas a limitar a propagação do vírus.
Com a reabertura das empresas, vários funcionários retornaram ao trabalho, o que levou a um aumento acentuado nas despesas operacionais gerais. O ambiente de negócios desafiador, no entanto, significava que o desconto nos custos de produção continuava.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?