Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Produção Industrial da Zona do Euro cai 1,0% em fevereiro e 0,9% na UE

Data de criação:

access_time 14/04/2021 - 12:20

Data de atualização:

access_time 14/04/2021 - 12:20
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Em fevereiro, a produção industrial, com ajuste sazonal, caiu 1,0% na Zona do Euro e 0,9% na União Europeia quando comparada com janeiro de 2021. As estimativas são do Eurostat, o serviço de estatística da União Europeia.

Em janeiro de 2021, a produção industrial cresceu 0,8% na EA19 e na UE27. Em fevereiro de 2021, em comparação com fevereiro de 2020, a produção industrial diminuiu 1,6% na EA19 e 1,1% na EU 27.

Na Zona do Euro em fevereiro de 2021, ante janeiro de 2021, produção de bens de capital caiu 1,9%, energia em 1,2%, bens de consumo duráveis ​​1,1%, bens intermediários 0,7% e bens de consumo não duráveis 0,1%.

Na União Europeia, a produção de bens de capital recuou 1,9%, bens de consumo duráveis ​​1,0%, energia 0,7%, bens intermediários, 0,6% e bens de consumo não duráveis, 0,1%.

Entre os Estados-Membros para os quais existem dados disponíveis, as maiores reduções foram registradas na França (-4,8%), Malta (-3,8%) e Grécia (-2,5%). Os maiores aumentos foram observados na Hungria (+ 4,8%), Irlanda (+ 4,2%) e Croácia (+ 3,4%).

Comparação anual por principal agrupamento industrial e por Estado-Membro

Na EA19, em fevereiro de 2021, ante fevereiro de 2020, produção de bens de consumo não duráveis ​​caiu em 4,3%, bens de capital 2,2%, energia 1,5% e bens intermediários 0,1%, enquanto as produções de duráveis bens de consumo aumentaram 0,7%.

Na UE27, a produção de bens de consumo não duráveis ​​caiu 3,8%, a de bens de capital 2,4% e a de energia 1,5%, enquanto a produção de bens intermediários cresceu 0,5% e a de bens de consumo duráveis ​​2,4%.

Entre os Estados-Membros para os quais existem dados disponíveis, as maiores diminuições foram registadas em Malta (-10,9%), Estônia (-8,9%) e França (-6,4%). Os maiores aumentos foram observados na Irlanda (+ 41,4%), Lituânia (+ 9,7%) e Finlândia (+ 5,6%).

*Tradução ID do Eurostat

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?