Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Santander Brasil fica com lucro líquido de R$13,8 bilhões no ano de 2020

Data de criação:

access_time 03/02/2021 - 11:06

Data de atualização:

access_time 03/02/2021 - 11:06
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O banco Santander Brasil divulgou resultado financeiro na manhã desta quarta-feira (3), antes da abertura do mercado, referente ao quarto trimestre de 2020.

O lucro líquido atingiu R$4,0 bilhões no trimestre, mostrando uma melhora de 1,4% em relação ao 3T20 e ajudando o banco a atingir R$13,8 bilhões de lucro em 2020, uma queda 4,8% em relação ao lucro de 2019.

O retorno sobre capital próprio (ROE) foi de 19,1%, mantendo-se em patamares relativamente próximos aos vistos antes da crise do COVID19, porém ainda abaixo dos 21,3% observados ao final de 2019.

Mais uma vez não houve provisão extraordinária para devedores duvidosos (PDD) que afetou o resultado do segundo trimestre e o total do ano de 2020 em R$ 3,2 bilhões. O custo do crédito representou 2,5% da carteira de crédito no trimestre (3,0% no 3T20).

A carteira de crédito atingiu R$ 411,7 bilhões, alta de 3,6% comparada com o trimestre anterior e expansão de 16,9% em 2020. O crescimento foi positivamente impactado em todos os segmentos, mas pequenas e médias empresas que apresentaram o maior crescimento no ano, 38,2% no ano para R$ 55,9 bilhões.

As receitas de prestação de serviços e tarifas bancárias caíram 1,2% em 2020, atingindo R$18,4 bilhões, a receita foi bastante impactada pela queda de 8,0% no ano da receita de cartões e serviços de adquirência com o menor consumo devido à crise em 2020.

A inadimplência acima de 90 dias se manteve em 2,1%, mesmo número do trimestre anterior e uma melhora em relação aos 2,9% vistos ao final de 2019.

Houve alta de 3,3% nas despesas gerais em comparação com o trimestre anterior, já em no acumulado de 2020, houve aumento de 0,8% em relação a 2019.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?