Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Vendas no Varejo do Reino Unido subiram 5,4% em março

Data de criação:

access_time 23/04/2021 - 11:46

Data de atualização:

access_time 23/04/2021 - 11:46
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

No Reino Unido, o volume de vendas no varejo continuou em recuperação para o mês de março deste ano, com aumento de 5,4% em relação ao mês anterior, refletindo o efeito da flexibilização com menores casos de COVID-19. As vendas foram 1,6% maiores do que em fevereiro de 2020, antes do impacto da pandemia. Os dados são do Governo Britânico.

As lojas não alimentícias deram a maior contribuição para o crescimento mensal no volume de vendas de março de 2021, auxiliado por fortes aumentos de 17,5% e 13,4% nas lojas de roupas e outras, respectivamente.

Já as lojas de alimentos registraram um crescimento mensal de 2,5% em março de 2021, com um forte avanço nas lojas de especializados (açougues e padarias), provavelmente refletindo o isolamento durante o período da Páscoa.

As vendas de combustível automotivo também relataram um forte crescimento mensal de 11,1%, uma vez que as restrições a viagens foram atenuadas no final do período de restrição.

Apesar dos fortes números de março, as vendas no varejo no trimestre foram moderadas em geral. Nos três meses até março de 2021, o volume de vendas no varejo caiu 5,8% em comparação com os três meses anteriores, com fortes quedas tanto nas lojas de roupas quanto em outras não alimentícias como resultado das restrições mais rígidas.

A proporção de gastos online diminuiu para 34,7% em março de 2021, ante 36,2% em fevereiro de 2021, mas ainda acima dos 23,1% relatados em março de 2020. O valor dos gastos online aumentou em março, mas os gastos nas lojas  físicas subiram em ritmo mais rápido.

*Tradução ID

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?