Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street opera em queda nesta sessão

Data de criação:

access_time 29/03/2021 - 13:08

Data de atualização:

access_time 29/03/2021 - 13:08
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de peso de Wall Street operam no vermelho nesta segunda-feira (29/03), com as atenções para a repentina reversão de um fundo de hedge. As ações dos bancos e das petroleiras estavam entre as quedas no Dow Jones.

Há pouco, o Dow Jones seguia em queda de 0,26% aos 32.987 pontos. O S&P opera em queda de 0,46% aos 3.956 pontos. O Nasdaq seguia em queda de 0,99% aos 13.009 pontos.

Os comerciantes estavam observando as ações das gigantes, como as da Viacom (VIA) e Discovery (DISC), depois que uma sessão volátil na sexta-feira com vários nomes sendo atingidos pela liquidação de Bill Hwang, um gestor de fundos e ex-chefe da família de escritórios Tiger Management.

De acordo com a Bloomberg News, as empresas de Bill Hwang, a Archegos Capital Management, foi forçada por seus bancos a vender mais de US $ 20 bilhões em ações, isso depois do default das chamadas margens, colocando os investidores em alerta, incluindo as empresas que ainda poderão sentir os efeitos da decisão.

Em um movimento relacionado, o Credit Suisse alertou que a volatilidade decorrente da liquidação da empresa poderia levar o banco a sofrer um impacto “altamente significativo” em seus resultados do primeiro trimestre.

O Nomura Holding, o maior banco de investimento do Japão, alertou, hoje, que poderá enfrentar uma perda de US$ 2 bilhões por conta de transações com um cliente dos Estados Unidos.

Uma venda de US$3,9 bilhões em ações foi seguida pela ViacomCBS e Discovery, ainda de acordo com a Bloomberg News.

Ainda  hoje, o navio que estava encalhado no Canal de Suez, Egito, está sendo rebocado por dezenas de práticos da região. O navio promoveu a paralização do maior corredor marítimo para o tráfego internacional de mercadorias por quase uma semana. Além disso, o problema fez pressão em cima nos preços do petróleo e do gás natural, entre outros milhares de produtos, inclusive perecíveis.

Entre as ações com ganhos no Dow Jones estavam as Boeing, Procter & Gamble, Amgen, Johnson&Johnson e Merck. Na contramão estavam as ações da JP Morgan, American Express, Travelers, Goldman e Chevron.

A agenda americana estava vazia.

*Por Ivonéte Dainese

 

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?