Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Arthur Lira diz que relatório sobre autonomia do BC será apresentado amanhã aos líderes

Data de criação:

access_time 08/02/2021 - 22:31

Data de atualização:

access_time 08/02/2021 - 22:31
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), voltou a defender a previsibilidade das pautas a serem votadas pelo Plenário e informou que o parecer à proposta de autonomia do Banco Central (PLP 19/19) será apresentado nesta terça-feira (09) aos líderes da base e da oposição, em um almoço na residência oficial.

Lira participou de encontro com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e o relator da proposta, deputado Sílvio Costa Filho (Republicanos-PE).

Para o presidente da Câmara, o projeto vai garantir estabilidade para evitar que governos intervenham na política monetária. “Amanhã teremos essa discussão, mas sem diminuir em hipótese alguma o combate à pandemia, a vacinação e os temas que facilitem a abertura de novas filas para que os brasileiros tenham acesso à vacina no Brasil”, disse Lira.

Estabilidade monetária

O ministro Paulo Guedes considera a aprovação da proposta decisiva para “garantir a estabilidade monetária” do País. Ele elogiou o relatório do deputado Sílvio Costa Filho e torce para que seja aprovado. Segundo o ministro, o texto foi discutido ao longo do dia pela equipe econômica e o relator. Guedes destacou que há mais de 40 anos os economistas defendem a autonomia do Banco Central. “Isso agora está sendo estabelecido e é um momento de celebração, estamos esperançosos que Câmara consiga aprovar esse projeto”, afirmou Guedes.

O relator, deputado Sílvio Costa Filho, afirmou que o encontro tem um forte simbolismo porque mostra a retomada do diálogo. Segundo ele, a aprovação do projeto vai dar uma sinalização importante para o País. “Não só preocupação social, mas, sobretudo, com o emprego e a renda, porque é a renda que traz tranquilidade e felicidade para as pessoas”, disse.

Informações Agência Câmara

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?