Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Facebook derruba contas de fake news ligadas ao PSL

Data de criação:

access_time 08/07/2020 - 17:31

Data de atualização:

access_time 08/07/2020 - 17:31
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O Facebook tirou do ar, nesta quarta-feira, contas e páginas com operações ligadas a funcionários de Jair, Flávio e Eduardo Bolsonaro, o chamado gabinete do ódio, segundo informações do jornal O Globo. As contas também têm relações com funcionários dos deputados estaduais Alana Passos e Anderson Moraes (PSL-RJ).

Essa foi a primeira ação do Facebook no Brasil, que também foi estendida para outros países da América Latina, Ucrânia e Estados Unidos.

“Apenas atribuímos o que podemos provar. E removemos toda parte da rede. Vimos conexões com o PSL e com os funcionários dos gabinetes das pessoas que mencionamos e o envolvimento direto deles”, disse Nathaniel Gleicher, líder de políticas de segurança do Facebook para o UOL.

Foram desmobilizados
35 contas no Facebook; 38 contas no Instagram, 14 páginas e 1 grupo no Facebook.

A rede tinha 883 mil seguidores no Facebook; 350 inscritos no grupo; e 917 mil seguidores no Instagram. Foram identificados os gastos de US$1,5 mil com anúncios pelo grupo.

Com UOL e O Globo

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?