Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

5 coisas para fazer antes de investir em uma previdência privada

Data de criação:

access_time 06/01/2021 - 19:11

Data de atualização:

access_time 07/01/2021 - 15:37
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Ano novo, metas novas. E se a sua meta em 2021 é começar a se preparar para a aposentadoria, um dos caminhos é a contratação de um plano de previdência privada.

Antes de investir é importante:

  1. Escolher entre um PGBL e um VGBL. A principal diferença entre esses dois planos é um benefício fiscal concedido àqueles que fazem declaração de imposto de renda no modelo completo e pretendem investir mais de 12% da renda bruta anual tributável em previdência.
  2. Ler atentamente o regulamento do plano, lembrando que a assinatura (digital ou física) da proposta de inscrição implica na adesão automática aos termos do regulamento
  3. Conhecer as taxas do Plano, como a de carregamento, que pode ser cobrada a cada aporte, a de administração, que é cobrada sobre o patrimônio acumulado do fundo; e a de performance, cobrada apenas se estiver prevista no regulamento e caso o fundo tenha uma rentabilidade acima de um benchmark determinado.
  4. Definir o tabela de cobrança de imposto de renda que pretende seguir (a regressiva ou a progressiva)
  5. Escolher o fundo que pretende aplicar

 

Quer saber mais? Baixe um ebook completo e gratuito do modalmais.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?