Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Conteúdo por:

Por que aplicar em previdência em 2021?

Data de criação:

access_time 04/12/2020 - 18:53

Data de atualização:

access_time 04/01/2021 - 23:41
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Em 2019 foi aprovada a reforma da previdência pública para tentar diminuir o rombo existente hoje o que deixa muito claro para todos que é necessário pensar em previdência privada com o objetivo de ter uma aposentadoria mais confortável.

Nos últimos anos o tema previdência vem se tornando cada dia mais recorrente em nossas notícias e para que você possa tomar as melhores decisões na hora de montar a sua previdência privada é muito importante conhecer profundamente os benefícios de cada plano.

Muitos investidores já conhecem as deduções de imposto que podem ser realizadas como despesas médicas, educação, dependentes dentre outras, mas nem todos sabem que aplicar em previdência pode e deve fazer parte do seu planejamento tributário.

Para o investidor que realiza a declaração de imposto de renda no formulário completo é possível realizar a dedução de até 12% da sua renda bruta anual tributável realizando a aplicação em um PGBL, mas vale fazer algumas observações para que você não cometa nenhum erro na hora de realizar o seu planejamento tributário.

1º – Conforme falamos acima a dedução fica limitada a 12% da sua renda bruta anual;

2º –  A previdência possui dois tipos de plano VGBL e PGBL e o único que dá direito a dedução é o PGBL;

3º –  A declaração de imposto de renda precisa ser realizada pelo formulário completo para que a dedução seja válida;

4º – A aplicação no plano deve ser realizada dentro do ano base da sua declaração, ou seja, para ter o benefício em 2020 você precisa aplicar no PGBL em 2020;

Para simplificar o entendimento segue abaixo um exemplo:

Dados:

Rendimentos tributáveis em 2020: R$ 100.000,00;

Contribuição para PGBL em 2020: R$ 12.000,00;

Dedução Previdência complementar: Limite de 12% dos rendimentos tributáveis à R$ 100.000,00 * 12% = $ 12.000,00;

Para a aplicação da alíquota deverá ser observado a faixa da base de cálculo, conforme tabela progressiva disponibilizada no site da Receita Federal.

Hoje no modalmais temos uma plataforma completa de planos de previdência disponíveis para todas as estratégias de alocação e você pode investir em um plano novo ou realizar a portabilidade com toda facilidade que o nosso banco digital pode promover.

Para ter acesso a essa e outras formas de investir, abra a sua conta no modalmais e veja todos os benefícios que o banco digital dos investidores pode proporcionar.

 

Por Victor Silva de Oliveira

Especialista em Fundos no modalmais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?