Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ativa Investimentos faz duas trocas na Carteira da Semana

Data de criação:

access_time 21/09/2020 - 12:01

Data de atualização:

access_time 21/09/2020 - 12:01
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os analistas da Ativa Investimentos fizeram alterações na Carteira Semanal de 18 a 25 de setembro. A performance da carteira ficou acima do Ibovespa, com rentabilidade de +5,59% ante -0,07% do nosso benchmark.

Os analistas optaram por retirar Grupo Natura (NTCO3) e Duratex (DTEX3), para inserir Randon Part (RAPT4) e Suzano Papel (SUZB3).

Ibovespa

“No gráfico semanal e diário, índice manteve a tendência altista no médio prazo. No curto prazo e no curtíssimo, o viés baixista vai ganhando mais força, culminando com mais uma chegada na média de 200 no diário. Ainda no diário, seguimos levemente acima da média de 200 (97.926), precisando voltar a ficar acima de 102.400/103.500, para voltar a força compradora, com foco em atingir os 104.500/105.700. O objetivo é 108.800 (topo anterior a pandemia). Suportes perdidos em 100.000/98.770, viraram resistências a serem batidas, evitando nova queda rápida para 97.700 e mais intensas até os 95.500/94.500, antes do grande suporte em 90.100.”

Os ativos da semana ficaram assim:

Randon Part. (RAPT4)

“No gráfico semanal, ativo conseguiu ficar acima de R$12,00, rompendo barreira importante (triângulo ascendente) e ganha força para buscar os R$12,70/13,24 e depois R$14,14 (161,8% de fibonacci).”

Suzano Papel (SUZB3)

“No gráfico semanal, ativo conseguiu retomar a força altista e superando os R$51,70/52,24, ganhará mais pressão compradora para alcançar os R$55,79 e depois R$58,23 (261,8% de fibonacci).”

Camil Alimentos (CAML3)

“No gráfico semanal, ativo segue em tendência de alta. Permanecendo na região de R$12,90/13,00, mantém força compradora para renovar topos históricos em R$13,97/14,23 e depois buscando o objetivo de R$16,10 (161,8% de fibonacci).”

IOCHP- Maxion (MYPK3)

“No gráfico semanal, ativo confirmou o potencial de reversão para alta. O caminho agora é romper os R$14,00/14,50 e rumar aos R$15,73/16,58 e depois a média de 200 em R$18,12.”

ULTRAPAR (UGPA3)

“No gráfico semanal, ativo segue firme na tendência altista após manutenção da faixa de R$21,00, inclusive ficando acima de R$21,50, demostrando força para atingir os R$23,50 e depois R$25,60 (média de 200).”

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?