Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ativa muda Carteira Semanal e inclui também a Eneva

Data de criação:

access_time 26/10/2020 - 12:15

Data de atualização:

access_time 26/10/2020 - 12:15
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os analistas da Ativa Investimentos optaram por trocas na Carteira Recomendada dessa semana. Na semana passada, a performance da Carteira ficou abaixo do Ibovespa, com rentabilidade de menos 0,29% ante a alta de 3,00% do benchmark.

Os analistas optaram por retirar a Indústrias Romi (ROMI3), RaiaDrogasil (RADL3), Magazine Luiza (MGLU3) e Even (EVEN3) para inserir Embraer (EMBR3), Porto Seguro (PSSA3), entre outros.

Carteira Semanal de 23 a 30 de outubro

Vale (VALE3); Eneva (ENEV3); Embraer (EMBR3); Porto Seguro (PSSA3); e BTG Banco (BPAC11)

Ibovespa

No gráfico semanal e diário, o índice manteve a tendência altista no médio prazo. No curto prazo e no curtíssimo, o topo do canal de baixa foi rompido e confirmados o fechamento acima, saindo desta baixa recente. Pullbacks podem ocorrer, mas o otimismo renasce. Ponto positivo é estar acima da média de 200 no diário (96.016) e da média de 20 no semanal (99.114). Voltando ao diário, suporte intermediários em 99.400/98.550, depois teremos os 95.500 que, ao ser perdido, nos levará para a faixa de 93.500/92.500, antes do grande suporte em 90.100. Região de resistência a ser superada em 102.500, com foco em atingir os 104.500/105.700. O objetivo é 108.800 (topo anterior a pandemia).

Vale (VALE3)

No dois gráficos, o ativo saiu da lateralização no curto, ampliando o potencial de retomar o canal de alta de médio prazo, ganhando, de vez, a força de compra.  Seguiu com o fechamento acima do topo histórico anterior em R$61,48 e manteve a jornada de alta, rumo aos R$65,00 e depois R$69,05/R$70,00.

Eneva (ENEV3)

O ativo, no gráfico semanal, fechou acima de grande lateralização, superando 111,8% (R$52,55) e tende a continuar a fazer novos topos históricos, rumando a R$59,99 e depois R$65,12.

Embraer (EMBR3)

O ativo, também no gráfico semanal, executou pivô de alta com volume e ganha força para encerrar a tendência de queda atual. Superando os R$7,20/R$7,50 vamos a R$8,25 e depois R$9,56.

Porto Seguro (PSSA3)

O ativo, também no gráfico semanal, superou 38,2% de fibonacci e ganha força para continuar a alta ao romper os R$52,59, com objetivos em R$55,77 e depois R$59,71.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?