Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Balanços financeiros pesam nos mercados da Ásia

Data de criação:

access_time 15/04/2021 - 09:57

Data de atualização:

access_time 15/04/2021 - 09:57
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas de ações asiáticas mantiveram o rali nesta quinta-feira (15/04). O bom humor foi mantido com os primeiros resultados dos balanços das empresas da região e também dos grandes bancos dos Estados Unidos. Os resultados financeiros das empresas, em especial TSMC em Taiwan, responderam pelas altas.

Índices: o Hang Seng, bolsa de Hong Kong, fechou em queda de 0,37% aos 28.793. O Xangai, China, ficou em queda de 0,52% aos 3.398. O Shenzhen Composite ficou em queda de 0,54% aos 2.206 e o ChiNext (ETF) ficou em queda de 0,40%. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,07% aos 29.642. O Topix subiu 0,36% aos 1.959. O Sensex, bolsa de Mombai, ficou em alta de 0,53% aos 48.803. O XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,51% aos 7.058. O Kospi, bolsa de Seul, ficou em alta de 0,38% aos 3.194. O Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 1,25% aos 17.076. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,17% aos 3.184. O índice regional MSCI Asia Pacific subiu 0,5%.

O lado negativo dos índices da China se deu com as preocupações sobre o aperto da política, isso um dia antes da divulgação dos dados do PIB do primeiro trimestre, entre outros. Analistas apontam para um crescimento recorde de 19% no primeiro trimestre de 2021.

Sobre os indicadores, a Austrália registrou números mais fortes do emprego em março, com o índice de desemprego caindo para 5,6%. A Austrália criou 70.700 novos postos no mês de março, o que aumentou a participação geral da força de trabalho para 66,3%. É de notar que o emprego a tempo parcial aumentou em 91.100, enquanto o emprego em tempo integral caiu em 20.800. Os dados são do Governo Australiano.

No Japão, a bolsa de valores subiu com as ações das empresas cíclicas que se beneficiariam de uma recuperação econômica global e bancos que acompanharam seus pares nos Estados Unidos, enquanto uma queda nas ações de tecnologia limitou os ganhos.

Entre as ações com ganhos na bolsa de Tóquio estavam as da Nippon Yusen, alta de 4,37%, as da Sumitomo Metal, alta de 3,98%, as da UBE Industries, alta de 3,45%, e Kawasaki Kisen, alta de 3,43%.

*Tradução ID com Reuters Internacional

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?