Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Ásia ficam divididas com indicadores

Data de criação:

access_time 01/06/2021 - 10:49

Data de atualização:

access_time 01/06/2021 - 10:49
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas de valores da Ásia ficaram sem direção nesta terça-feira (01/06), em grande parte com ganhos, depois dos dados econômicos do Japão e da China.

Índices: o Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 1,08% aos 28.814. O Xangai, China, ficou em alta de 0,26% aos 3.624. O Shenzhen Composite ficou em alta de 0,41% aos 2.429 e o ChiNext (ETF) ficou estável. O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou estável aos 51.934. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,16% aos 28.814. O índice Topix ficou em alta de 0,17% aos 1.926. O XJO, bolsa de Sidney, ficou em queda 0,27% aos 7.142. O Kospi, bolsa de Seul, ficou em alta de 0,56% aos 3.221. O Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,55% aos 17.162. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,73% aos 3.187.

Na China, os maiores ganhos foram registrados pelas empresas de produtos e de saúde infantis. Os investidores ficaram mais animados com a política de Pequim para que os casais possam ter até três filhos. A medida vem com o governo comunista observando o envelhecimento da população e também com a redução no número de nascimento. Os casais chineses cumpriam a política de um filho até 2016, com a autorização de Pequim para dois filhos.

Na noite de ontem, o IHS Markit apresentou os dados do PMI de Manufatura do Japão. O índice dos Gerentes de Compras- PMI de Manufatura do Jibun Bank Japan, que caiu de 53,6 em abril para 53,0 em maio, sinalizando uma melhora mais leve, porém, moderada na saúde do setor. As estimativas apontavam 52,5.

Entre as ações com ganhos no Japão ficaram as da Toyota Motor, alta de 3,38%, as da Mitsui, alta de 3,85%, as da Mitsubishi Heavy, alta de 3,35%, e as da Denso, alta de 2,43%. Na contramão ficaram as ações da Nippon Steel, queda de 3,36%, as da Pacific Metals, queda de 2,27%, e as da Casio Computer, queda de 1,84%.

*Tradução ID

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?