Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Ásia ficam sem direção com cenário externo

Data de criação:

access_time 22/03/2021 - 10:34

Data de atualização:

access_time 22/03/2021 - 10:34
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Na Ásia, as principais bolsas da região fecharam sem direção única nesta segunda-feira (22). Os investidores acompanharam os desempenhos do fechamento de Wall Street na sexta-feira (19), bem como os futuros durante a noite. O dia sem agenda econômica promoveu ajustes e também atenção para o ambiente externo.

Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, fechou em queda de 0,36% aos 28.885 pontos. O índice Xangai, China, ficou em alta de 1,14% aos 3.443 pontos. O índice Shenzhen Composite ficou em alta de 1,27% a 2.222 pontos e o ChiNext (ETF) ficou em alta de 1,02%. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 2,07% aos 29.174 pontos. O índice Topix caiu 1,09% aos 1.990 pontos. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,21% aos 3.128 pontos. O índice Sensex, bolsa de Mombai, ficou em alta de 2,56% aos 51.039 pontos. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em queda de 0,66% aos 6.752. O índice Kospi, bolsa de Seul, ficou em queda de 0,13% aos 3.035. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,75% aos 16.189 pontos. O índice regional MSCI Asia Pacific caiu 0,20%.

Os investidores da região ficaram atentos aos acontecimentos da Turquia, com o presidente Recep Tayyip Erdogan trocando pela terceira vez o presidente do banco central turco. A decisão de Erdogan foi tomada com o presidente da instituição elevando em 200 pontos-base a taxa básica de juros da Turquia para 19% ao ano. Diante do estresse, a lira turca despencou 15% frente ao dólar.

De acordo com analistas da região asiática, o mercado segue buscando uma direção, à medida que os investidores institucionais continuam ajustando suas posições.

As ações da China terminaram em alta, com ações de bancos e de empresas de infraestrutura. O Banco do Povo da China, como vários ao redor do mundo, manteve a política monetária. Essa foi a 11ª vez que a taxa referencial foi mantida, com os membros do PoBC afirmando que a política monetária precisa seguir apoiando o crescimento econômico de forma direcionada e, ao mesmo tempo, reduzindo os riscos financeiros.

Já no Japão, o índice Nikkei caiu com as ações das montadoras e fabricantes de eletrônicos. Os investidores continuam preocupados com um recente aumento nos rendimentos dos títulos globais e as perspectivas de uma recuperação econômica global. Enquanto isso, o governo japonês suspendeu o estado de emergência na área de Tóquio neste domingo.

Entre as ações com ganhos no Japão ficaram as da Unitika, alta de 7,52%, as da Mitsui O.S.K, alta de 5,27%, as da Nippon, alta de 3,30%, e as da Nippon Steel, alta de 2,17%.

A agenda da região estava vazia.

*Por Ivonéte Dainese com relatórios oficiais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?