Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa fecham com ganhos com setor corporativo

Data de criação:

access_time 10/03/2021 - 16:38

Data de atualização:

access_time 10/03/2021 - 16:38
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas de ações da Europa mantiveram os ganhos nesta quarta-feira (10/03). O setor corporativo ficou no destaque, com a Adidas revisando os dados de vendas. Além disso, a imunização contra a Covid-19 segue animando os mercados e elevando as expectativas para a retomada econômica.

Ao final, o índice Stoxx Europe 600 fechou em alta de 0,40% aos 422.11 pontos em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em queda 0,07% aos 6.725 pontos; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em alta de 0,71% aos 14.540 pontos; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 1,11% aos 5.990 pontos; o FTSE-MIB (Milão) ficou em alta de 0,46% aos 23.925 pontos; o Ibex 35 (Madri) ficou em alta 0,34% aos 8.525 pontos; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em alta de 0,55% a 4.763 pontos.

O índice pan-europeu foi embalado pela recuperação de ações de tecnologia, como ocorreu ontem nas bolsas de Nova York e asiáticas.

Hoje, entre as ações liderando as perdas estavam as das empresas de varejo, viagens e lazer. Na ponta contrária estavam as de telecomunicações e cuidados de saúde.

A Adidas viu as ações subindo 2,76% na bolsa de Frankfurt, depois de dobrar as projeções de vendas no e-commerce até 2025 e com o objetivo de tornar seus produtos mais sustentáveis. As propostas estão no plano de cinco anos elaborado pela gigante alemã, que visa puxar a lucratividade e concorrer diretamente com a rival Nike.

Entre as demais ações com ganhos na bolsa de Frankfurt ficaram as da Deutsche Telekom, alta de 5,09%, as da Bayer, alta de 2,66%, as da Linde, alta de 2,29%, e as da Volkswagen, alta de 1,98%. Na contramão ficaram as ações da Infineon Tecnhologies, queda de 3,87%, as da Delivery Hero, queda de 3,03%, e as da SAP, queda de 0,17%.

Na região, a agenda estava vazia com apenas a França divulgando dados da indústria. Todas as atenções estão concentradas no final da reunião do Banco Central Europeu – BCE, marcado para amanhã.

Na França, em janeiro de 2021, a produção voltou a crescer na indústria de transformação (+ 3,3%, depois da queda de 1,4%), bem como em toda a indústria (+ 3,3%, depois da queda de 0,7%). Os dados são do INSEE.

*Tradução ID de agências internacionais e relatórios

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?