Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa fecham no azul com indicadores e vacinas

Data de criação:

access_time 06/04/2021 - 14:18

Data de atualização:

access_time 06/04/2021 - 14:18
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas europeias fecharam no azul na volta do feriado prolongado de Páscoa. Os investidores seguiram surfando na onda de otimismo americana, depois que os recentes indicadores dos setores de trabalho e de serviços ficaram acima das projeções. Os dados da Zona do Euro e da União Europeia, como os do emprego e do sentimento do consumidor, também elevaram o apetite para o risco.

Ao final, o índice Stoxx Europe 600 fechou em alta de 0,70% aos 435.26 pontos em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em alta de 1,28% aos 6.823 pontos; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em alta de 0,70% aos 15.212 pontos; o CAC 40 (Paris) ficou em alta  de 0,47% aos 6.131 pontos; o FTSE-MIB (Milão) ficou em alta de 0,21% aos 24.761 pontos; o Ibex 35 (Madri) ficou em alta de 0,66% aos 8.634 pontos; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em alta de 0,73% a 5.014 pontos.

Embora com o processo de vacinação avançando em várias partes da Europa e permitindo as reaberturas, as variantes do coronavírus estão promovendo novas ondas de infecções.

“O euro está um pouco mais alto, já que as perspectivas para a Europa estão melhorando, com a maioria dos europeus sendo vacinados até o final de junho. O que também proporcionou um impulso no apetite para o risco foi a segunda projeção de crescimento econômico global do FMI para 2021, algo acima de 6%”, destacou o analista sênior da OANDA, Edward Moya.

Nesta sessão, as ações do banco Credit Suisse caíram 0,4%, com a declaração de um prejuízo estimado de 4,4 bilhões de francos suíços (US $ 4,7 bilhões) com a liquidação do fundo Archegos Capital Management na semana passada.

Por fim, a bolsa de Londres fechou com ganhos embalada pela decisão do primeiro-ministro Boris Johnson de que a próxima fase de reabertura da economia poderá ocorrer semana que vem.

Entre as ações com ganhos na bolsa de Londres ficaram as da Antogagasta, alta de 3,75%, as da BP, alta de 3,47%, as da Compass, alta de 3,31%, as da Rio Tinto, alta de 2,68%, e as da Burberry Group, alta de 2,67%. Na contramão ficaram as do BT Group, queda de 2,43%, as da Next, queda de 2,39%, e as da Ocado, queda de 0,72%.

Com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?