Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa fecham sem direção com bancos centrais e Reino Unido

Data de criação:

access_time 19/12/2019 - 14:36

Data de atualização:

access_time 19/12/2019 - 15:36
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas de valores da Europa fecharam sem direção, a segunda sessão consecutiva, nesta quinta-feira. Os investidores mantiveram as atenções nas decisões políticas no Reino Unido e também nos indicadores econômicos, já em ritmo de festas de fim de ano. Os bancos centrais também ficaram no radar.

Ao final da jornada, o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta de 0,17% aos 415.07 em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em alta de 0,44% aos 7.573; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em queda de 0,08% a 13.211; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 0,21% a 5.972; o FTSE-MIB (Milão) ficou em alta de 0,34% aos 23.708; o Ibex 35 (Madri) ficou estável a 9.617; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em alta de 0,33% a 5.218.

Já em clima de festas de fim de ano, os investidores europeus ficaram concentrados no cenário externo, mais precisamente nos Estados Unidos com o processo de impeachment do presidente Donald Trump.

A Câmara dos Deputados, que é liderada pelos Democratas, votou para o impedimento de Trump sob acusações de abuso de poder e obstrução do Congresso. Espera-se que Trump seja liberado pelo Senado, que é controlado pelos Republicanos.

Enquanto isso, no Reino Unido, o dia foi de reverência à rainha Elizabeth II abrindo os trabalhos do governo do primeiro-ministro Boris Johnson no Parlamento Britânico.

Sobre os bancos centrais, o do Japão manteve a taxa de juros inalterada e com perspectiva otimista. O Banco da Inglaterra manteve sua principal taxa de juros estável em 0,75%, com seu comitê de fixação de votos votando 7-2 a favor de manter o nível atual.

A previsão para o crescimento do PIB do Reino Unido (produto interno bruto) no quarto trimestre de 2019 foi reduzida para + 0,1% em relação à previsão de novembro de + 0,2%, refletindo o enfraquecimento das condições econômicas mostradas em dados recentes.

O Comitê de Política Monetária (MPC) do Banco também votou por unanimidade a manutenção de seu esquema de compra de ativos, que atualmente detém £ 435 bilhões (US $ 569,62 bilhões) em dívida pública e £ 10 bilhões em títulos corporativos.

Em Frankfurt as ações da RWE AG subiram 1,72%, Deutsche Bank AG SUBIRAM 1,44% e as da Fresenius Medical Care AG subiram 0,81%. Na contramão ficaram as ações da Continental AG, queda de 1,67% e as da Volkswagen AG recuaram 1,44%.

Em Paris, as ações da Dassault Systemes SE subiram 1,84%, as da L’Oreal SA , alta de 1,17% e as da Capgemini SE, alta de 0,73%.

No Reino Unido, nos três meses fechado em novembro de 2019, a quantidade comprada nas vendas no varejo diminuiu 0,4% quando comparada aos três meses anteriores. Este é o primeiro declínio desde abril de 2018.

A quantidade comprada em novembro de 2019 caiu 0,6% em relação ao mês anterior, com apenas as lojas de artigos para o lar registrando crescimento.

O crescimento ano a ano na quantidade comprada aumentou 1,0% em novembro de 2019, este é o menor crescimento desde abril de 2018, devido a uma queda de 1,1% nas lojas não-alimentícias.

Em 2019, a Black Friday oficial ocorreu em 29 de novembro e fora do período de relatório de novembro, que abrange quatro semanas entre 27 de outubro e 23 de novembro; nossas estimativas dessazonalizadas são responsáveis ​​por essa mudança no tempo.

As vendas online como proporção de todo o varejo foram de 18,7% em novembro de 2019, em comparação com os 19,1% registrados em outubro de 2019.

Tradução ID com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?